Abrigo faz campanha inspirada no “BBB” para incentivar adoção dos animais

O abrigo do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Capivari usou a arte do reality para apresentar os animais

Por
em Notícias

Uma campanha que busca incentivar a adoção de cães e gatos viralizou na rede por conta de sua criatividade. Nela os pets do abrigo do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Capivari, São Paulo, são apresentados como participantes do Big Brother Brasil.

"Ao invés de entrar na casa mais vigiada do Brasil, nossos cães e gatos estão procurando uma casa", destaca um trecho da campanha.

No fundo da foto é possível notar uma arte que simula o reality, além disso, os animais são apresentados com uma foto deles, seu nome, idade e personalidade.

De acordo com o secretário de Relações Públicas da prefeitura, Jorge Willian, a ideia era aproveitar o momento de destaque do reality show para gerar engajamento e compartilhamento.

"É um assunto que tá bombando na internet, muita gente fez meme, então a gente achou que poderia ser uma proposta boa pra chamar atenção", contou o secretário para o G1.
"Ao invés de ser igual o Big Brother no sentido de o pessoal que quer entrar na casa, a gente usou a ideia de ser o 'CCZ', ao invés de 'BBB', e os animaizinhos que estão buscando uma casa", acrescentou.

A iniciativa também busca esclarecer dúvidas que o futuro tutor tem na hora de adotar um animalzinho como seu sexo, idade e personalidade.

"Toda vez que a gente publica os animaizinhos do CCZ, o pessoal pergunta o sexo, se tem nome, se já tá castrado e tal, então a gente achou que podia ser um perfil do animalzinho, alguns com nome, outros sem nome, e aí a gente usa a foto deles pra ficar mais fofinho", finaliza.

Como adotar

Os moradores de Capivari que quiserem adotar um “brother” do abrigo CCZ devem ter pelo menos 18 anos e comprovar que possuem condição de cuidar do pet.

O animal é entregue castrado ou com castração garantida, se ele ainda não tiver idade suficiente no momento da adoção.

Atualmente, o abrigo está com cerca de 30 animais disponíveis para adoção, entre eles estão cães e gatos.

Assista também:

A história da pit bull voadora, do cão ladrão de churrasco e mais no Jornalzinho Amo Meu Pet:

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.