Logomarca Amo meu PET

Gata de rua é atraída por gato doméstico e acaba sendo adotada por família

Por
em Gatos

Galoue tinha seis meses quando foi resgatada em uma noite fria de inverno em Montréal, no Canadá, pela ONG Chatons Orphelins Montréal.

Celine Crom, responsável pelo abrigo de animais, decidiu resgatar a felina quando a viu procurando comida nos lixos que ficavam próximos da instituição. A história foi compartilhada pelo Love Moew no dia 22 de março.

A mulher começou a deixar comida na varanda, junto com uma gatoeira, armadilha específica para capturar gatos com segurança.

A ideia de Celina funcionou, em uma das noites mais frias do inverno a gatinha apareceu em busca de comida e deu de cara com um dos gatos residentes do abrigo, ambos chamaram a atenção um do outro.

A felina se sentiu confortável na presença do outro pet e decidiu ceder ao cheiro de comida. 

 
"Eu não queria assustá-la, então não me mexi e esperei que ela encontrasse a armadilha. Ela começou a farejar por comida", disse a protetora ao site Love Meow.

Foi nesse momento que a gatoeira a capturou e Celine pode pegar Galoue, que dormiu em um local confortável e quentinho.

Após o resgate a felina foi castrada e passou a ficar sob a responsabilidade de uma voluntária do abrigo chamada Geraldine, que já tinha outro gato de estimação.

Assim que a felina descobriu o que era receber atenção, amor e carinho, não saiu mais de perto da voluntária.

"Ela descobriu abraços e aconchegos e começou a fazer amizade com o gato de Geraldine e outros gatinhos adotivos. Ela aprendeu a confiar nas pessoas e como ronronar com seus amigos felinos, especialmente o fragola residente”, acrescentou Celine.

Com o passar dos meses, a felina começou a ser cada vez mais sociável, principalmente com o gatinho doméstico da voluntária.

"Ela está apaixonada pelo gato e o segue por toda a casa. Eles cochilam juntos e ela o admira", explicou Celine.

Um ano após acolher Galoue, a voluntária do abrigo percebeu que a felina já fazia parte da família e decidiu oficializar a adoção, dessa forma a gatinha ganhou um lar e uma família, e o frajola ganhou uma irmã.

Veja também este vídeo do nosso canal:

O pássaro que canta 'Meu Pintinho Amarelinho' e mais no Jornalzinho Amo Meu Pet | Com Pépe Bonner

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.