Logomarca Amo meu PET

Gata traumatizada aprende a confiar em humanos após ser resgatada junto com seus filhotes

Por
em Gatos

Há 6 meses atrás, os protetores Steph e Francis da ONG Chatons Orphelins Montréal, do Canadá, perceberam uma movimentação incomum na sacada do apartamento vizinho. Ao observarem com atenção, viram 3 filhotinhos de gatos e uma mãe felina cautelosa atrás deles, imediatamente partiram para o resgate.

A dupla de protetores ofereceu comida aos gatos, os filhotes correram e atacaram o alimento, a mãe felina estava mais cuidadosa, mas a fome foi grande demais e ela acabou saindo da ‘toca’ e decidindo comer, mas logo correu para um esconderijo.

 

Um dos filhotes começou a passear pela rua, e para evitar tragédias, a dupla o levou para o abrigo e voltou no dia seguinte para tentar resgatar os outros. Com muita paciência, comida e uma gateira, a família foi resgatada.

A mãe foi batizada de Madison e evitava contato com os humanos, mesmo depois de estar em segurança junto com os filhotes. Enquanto os bebês corriam e desvendavam o novo lar, a mãe procurava paredes e móveis para poder se esconder. 

As voluntárias do abrigo Sadja e Charlotte deram o seu melhor para convencer a mãezinha de que ela podia confiar nos humanos, mas não foi muito fácil. Porém com paciência e muita espera, a gatinha começou a interagir aos poucos. 

"Ela ainda era tímida, mas curiosa sobre o ambiente. Quando ela começou a se sentir confortável, ela levantou o rabo e esfregou o rosto em todo o lugar", disse outra protetora, Celine, ao site Love Meow.

A gata foi para um lar temporário e daí pra frente foi só alegria. Madison interage quando quer receber carinho ou quando está cansada de ficar sozinha, ao mesmo tempo em que aprendeu confiar, não abre mão de sua ‘paz’. 

Depois de todo esse tempo, finalmente está pronta para adoção e a espera da família perfeita. Os gatinhos cresceram e já estão todos felizes em seus respectivos lares. 

Você também vai gostar deste vídeo:

O caso do caramelo guia turístico e mais no Jornalzinho Amo Meu Pet

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.