'Vaquinha' para trazer corpos de Jesse e seu cachorro ao Brasil tem meta alcançada

A meta foi atingida em poucas horas desde a divulgação por um casal de amigos de Jesse.

Por
em Notícias

Os amigos de Jesse Koz, Diego Strutz e Roana Petri Celeste - que estavam o acompanhando na estrada em uma van logo em frente e viram o acidente - fizeram uma "vaquinha" para arrecadar fundos para trazerem os corpos do influencer e seu cachorro para o Brasil. E bateram a meta em poucas horas.

O valor arrecadado foi de R$ 120 mil para que a família possa se despedir da dupla em Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

"Eles merecem a despedida mais linda que só nós podemos dar", escreveram no post.

E junto com eles, a Floripa Mil Grau - um canal de comunicação que tem parceria com a Atlântida/NSC para um programa de rádio -, com sede em Florianópolis, Santa Catarina, ajudou na divulgação.

A meta para arcar com o translado era de R$ 120.000, que foi batida em poucas horas.

A equipe da rádio estava frequentemente em contato com Jesse Koz para parceria em projetos futuros. E com a notícia da morte da dupla, postaram um lindo vídeo em sua homenagem.

"Toda nossa equipe sente muito pela partida desse aventureiro que representava tão bem nosso estado", escreveu a Floripa Mil Grau no post.

Confira:

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, também está ajudando com os trâmites. No Twitter, afirmou que fez contato com o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, solicitando apoio do Itamaraty para o translado dos corpos.

A viagem dessa dupla para o Alasca continuará no céu.

Saiba mais sobre o caso nas matérias baixo:

Veja também este vídeo:

PETS que mereciam um Oscar por serem TÃO DRAMÁTICOS