Cão sorri ao ganhar família após 279 dias em abrigo vendo outros pets serem adotados

Por
em Aqueça o coração

Um cão resgatado chegou no abrigo de animais Michigan Animal Rescue League (MARL), localizado em Michigan, nos Estados Unidos, sem muita perspectiva de vida. Pois nada se sabia do seu passado e provavelmente ninguém se interessaria em adotá-lo.

O peludinho foi chamado de Malcolm e com o tempo ele revelou sua adorável personalidade, mostrando-se gentil com todos que o visitavam no canil.

“Quando as pessoas entravam em seu canil, ele costumava cumprimentá-las com um brinquedo na boca, saltitando em círculo com todo o traseiro balançando alegremente. Ele sempre foi um cão fácil de apresentar a novos voluntários; apenas dê a ele algumas guloseimas para quebrar o gelo, e ele está pronto para ir", contou Tommy Sanfilippo, membro da equipe do MARL, ao The Dodo.

Por tamanha carisma, os voluntários acreditavam que logo seria adotado, mas o contrário aconteceu, Malcolm se tornou o residente mais antigo do abrigo.

Os dias iam passando e cabia ao pobrezinho observar de sua casa seus colegas indo embora com suas respectivas famílias e ele ficando para trás.

Os voluntários entristecidos com a situação se uniram de forma a encontrar um lar para Malcolm. O que não imaginavam é que a futura tutora esteve sempre ao seu lado.

“Ele já era um bom amigo de sua nova mãe; ela o conheceu enquanto trabalhava como voluntária conosco e passou muito tempo com ele”, disse Sanfilippo. “Eles até faziam alguns passeios juntos: indo ao parque, à loja de animais e até à casa dela.”

O amadinho não se conteve de alegria com a sua adoção e isso foi demonstrado através do registro feito no dia da sua partida do abrigo, em que ele abriu um sorrisão na primeira foto em família. Que amado!

“Acho que ele percebeu que algo estava diferente naquele dia”, disse Sanfilippo. “Seu sorriso enorme ao posar para uma foto com sua nova família realmente vale mais que mil palavras.”

O cãozinho estava radiante e os funcionários do local também! Pois tinham certeza que depois de 279 dias a espera de um lar, Malcolm teria muito amor a oferecer para sua família.

“Tivemos a sorte de receber várias atualizações de seus adotantes, e todas foram ótimas”, disse Sanfilippo. “Ele passou por algumas aventuras divertidas, gosta de muito carinho em casa e está recebendo o amor e a consistência que ajudam a transformar um bom cachorro em um ótimo animal de estimação. Honestamente, é um ajuste perfeito para ele.”

Que Malcolm seja muito feliz e tire muitas fotos ao lado da sua família!

Veja também este vídeo:

Cão causa PROBLEMÃO ao ficar sozinho em casa e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet