Mulher abre cafeteria recheada de cãezinhos Corgi e as fotos são adoráveis

Há uma cafeteria em Bangkok, capital da Tailândia, onde 12 adoráveis cães da raça Corgi ​​correm livremente para encontrar e brincar com os clientes que chegam ao estabelecimento.

Batizado de “Corgi In The Garden”, o local é, sim, tão incrível quanto parece. A cafeteria rapidamente se tornou bastante popular entre os turistas e moradores locais e isso não é exatamente uma surpresa, já que o país do sudeste asiático tem sido palco de um enorme aumento do número de cães adotados em lares.

Tanchanok Kanawaong, o dono do café, é um grande fã da raça porque os corgis são “animais extremamente amáveis ​​e engraçados”.

“Eu amo cães em geral. Até pouco tempo atrás tinha 10 Huskies Siberianos e Golden Retrievers, em casa”, disse. “À medida que eles envelheceram e morreram, procurei cães com características semelhantes, apenas menores em tamanho […] e decidi pegar um Corgi”.

Mais tarde, sua esposa pegou outro Corgi. Então mais um. Logo havia cinco deles. E depois que alguns deles tiveram bebês, Kanawaong acabou tendo 12 Corgis no total.

E embora o casal não tenha planejado administrar uma cafeteria com cachorros, a ninhada de filhotes ‘surpresa’ significou que Kanawaong agora poderia compartilhar a alegria que o bando lhe trazia com seus clientes também. “[Foi] nessa época que tivemos a ideia de vê-los correndo e compartilhando sua energia pela cafeteria.”

Os clientes adoram os cãezinhos – e vice-versa. Há um fluxo inesgotável de biscoitinhos transitando entre os corredores do local, para a felicidade deles.

Algumas guloseimas vêm direto de seu dono, mas a grande maioria dos clientes do café também os alimenta.

Kanawaong, no entanto, tem o cuidado de não permitir que eles ganhem peso em excesso desnecessariamente. Assim, os corgis se exercitam regularmente, ao menos três vezes ao dia.

O café (e os corgis) trabalham seis dias por semana. Das 12: 00h às 18: 00h de terça a sexta-feira e das 10: 00h às 18: 00h aos sábados e domingos. Todos os dias, o café organiza sessões de uma hora para 50 clientes (22 mesas) para se encontrar com os doggos que custam cerca de US $ 11 por pessoa.

*O dono da cafeteria disse que essa rotina permite que os bichinhos tenham algum tempo de lazer entre eles mesmos e não se esgotem. “Reservo algumas horas do dia para que eles descansem e apreciem a companhia uns dos outros, longe dos clientes. Quero que eles se divirtam tanto quanto nossos clientes. Mas sem exageros”, conclui.

Fonte: Bored Panda

Compartilhe o post com seus amigos!

Veja mais fotos:

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários