Gatinhos não conseguem parar de afagar policial que salvou suas vidas

Dois policiais do Texas, nos Estados Unidos, tiveram que lidar com uma pouco usual chamada de emergência de uma loja de conveniência: ajudar dois filhotes de gatinhos que estavam presos em um carro no estacionamento do estabelecimento.

Preocupados com a segurança dos bichinhos, os policiais se dirigiram rapidamente até o carro em questão e imediatamente ouviram seus pequenos miados vindos de dentro do veículo.

“Eles localizaram os gatinhos dentro do pára-choque, onde provavelmente sua mãe os colocou para escondê-los”, disse Jesse Minton, do Departamento de Polícia de Arlington.

“O dono do carro avisou que não tinha gatos e não fazia ideia de como eles chegaram lá.”

Uma vez que os agentes descobriram onde os gatinhos estavam, o oficial Joe Bob Adkins foi capaz de alcançá-los cuidadosamente e retirou-os de lá.

…e não tardou muito para começar a ser acariciado pelos pequenos felinos.

Depois do resgate, o policial Adkins levou os gatinhos ao carro da polícia e apenas os segurou, tentando fazê-los se sentirem seguros e amados, enquanto os pequenos queriam apenas mais e mais carinho.

Hiperativos, eles ficaram se esfregando pela roupa do policial, à medida que tentavam subir em seu ombro.

Os policiais levaram os gatinhos para serem examinados por um veterinário, que determinou que eles tinham cerca de 6 semanas de idade, e ficaram aliviados ao saber que eles estavam em boas condições.

Eles assumiram que os os filhotes deviam estar com fome, não tendo ideia de quanto tempo tinham estado debaixo do carro. A dupla então comprou ração e água para os pequenos.

Quanto mais tempo passavam com os gatos, mais os policiais queriam estar por perto deles. Não à toa decidiram adotá-los! Isso mesmo, cada agente levou um filhotinho para casa.

“Ele foram batizados de ‘TJ’ e ‘Max'”, disse o policial Minton.

Agora pertencentes a uma nova família, os pequenos tem se adaptado à casa e a rotina. Mas uma coisa não mudou: a vontade de ficar acariciando e recebendo cafuné dos seus pais não cessam. Ninguém consegue resistir!

Fonte: MSN

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários