Vídeo: Cão de guarda de santuário animal não desgruda de girafa filhote debilitado

Por
em Aqueça o coração

Em novembro de 2019, um fazendeiro encontrou um filhote de girafa fraco e desidratado. Ele havia sido abandonado pela mãe.

Assim que o encontrou, o homem ligou pedindo socorro para o Orfanato Rhino em Limpopo, na África do Sul. O animal chamado Jazz foi bem recebido no local, mas o que ninguém imaginava era que o cão de guarda que ali reside, também receberia o filhote de bom grado.

Jazz chegou no santuário com apenas três dias de vida. O local é especializado em cuidar de rinocerontes, mas ao vê-lo naquele estado os funcionários não negaram ajuda. Hunter, o cão da raça pastor belga malinois, também se propôs a cuidar do filhote desengonçado.

“Quando pensávamos que não poderia ficar mais fofo, doce e comovente, isso aconteceu”, diz a legenda de um vídeo postado na página do Facebook do Rhino Orphanage. “O vínculo e o entendimento entre Jazz, a girafa e Hunter, nosso belga Malinois, é surpreendente.”

Segundo informações da rede social da ONG, o doutor Pierre Bester instalou um cateter intravenoso para administrar fluidos e nutrientes necessários para sua sobrevivência. As primeiras 18 horas, Jazz estava em coma. E lentamente começou a dar sinais de vida.

“Ele conseguiu se levantar algumas vezes com a ajuda de nossos cuidadores e andou esta noite com as pernas muito inseguras. As girafas bebês são conhecidas por serem trabalhosas e difíceis de colocar no biberão… A sua altura (cerca de 1,8 m) também não facilita nada. Mas temos alguns truques na manga que esperamos que valham a pena.”

Em menos de uma semana, com muito amor e cuidado, já estava melhor. O filhote estava sendo alimentado com leite e até estava comendo por conta própria algumas folhas que encontrava pelas instalações.

Durante todo o processo, Hunter, esteve ao seu lado. Por alguma razão, ele desenvolveu um vínculo instintivo e muito especial com a pequena girafa. A ponto de não querer comer no período que o filhote não se alimentava. Seu apetite só retornou quando Jazz passou a se alimentar.

Confira a interação da dupla:

Segundo o portal de notícias Wamiz, a girafa faleceu. Mas o período que esteve no santuário pode contar com o apoio total dos voluntários e, claro, do seu amigo Hunter.

Assista também:

O cachorro que VIROU BABÁ de gatinhos e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet