Cachorrinha vê tartaruga e a leva para casa 'decidindo' protegê-la; vídeo

Por
em Cães

Maya é uma simpática cachorra da raça Great Pyrenees, de seis anos, que adora levar para casa seu amigo. Ma o amigo não é da mesma espécie e, sim, se trata de uma tartaruga. A cachorrinha é apaixonada por esse réptil.

Sua dona, Rachel, que é de Sharpsburg, Geórgia, Estados Unidos, ficou abismada quando a pet levou pela primeira vez o animal para casa. Impressionada com a delicadeza de Maya carregando a tartaruga na boca, filmou. E na cena é possível ouvi-la pedindo para a cachorrinha soltá-la.

No vídeo, Maya está no jardim em frente a porta de casa esperando a tutora abrir. Assim que Rachel abre, ela corre para sala carregando gentilmente a tartaruga na boca. Depois de muito a tutora insistir para soltar, ela deixa o animal cair timidamente no chão. E tudo indica que essa não foi a primeira vez que a pet fez isso.

“Ela é uma Great Pyrenees, que é uma raça que costumava ser usada para coisas como pastoreio e proteção de gado em uma fazenda".

A tutora acredita que pelo fato dessa raça ser protetora, pois foram criados para protegerem a sua família — desde ovelhas, cabras, gado, pessoas, crianças entre outros —, Maya se sentiu na obrigação de proteger a tartaruga quando a viu.

Atualmente a raça Great Pyrenees costuma trabalhar com pessoas, muitas vezes em terapia e trabalho de resgate. Ele é um cão inteligente, que está acostumado a trabalhar sozinho e descobrir as coisas por si mesmo.

Calmo, não faz bagunça em casa. Tem uma incrível capacidade de distinguir o amigo do inimigo. Além de ser corajoso e dedicado à sua família, protegendo aqueles que ama com sua vida, se necessário.

E por conta dessas características, Rachel não duvida que a intenção de Maya era cuidar o pequeno réptil. “Também é provável que ela tenha visto e só queria um amigo”, disse Rachel.

Confira:

Por mais puras que pareçam as intenções de Maya, não é a melhor ideia permitir que seu cão seja amigável com uma tartaruga ou tartaruga de estimação. Eles nem sempre conhecem sua própria força e uma mordida superexcitada pode quebrar a carapaça do réptil.

Você conhece alguma outra história fascinante sobre animais de estimação? Então clique no link abaixo e envie para nós a sua pauta, ela pode virar uma matéria exclusiva do nosso portal.

Envia uma História - Seu PET pode virar uma matéria em nosso site!