Mulher se apavora com barulhos estranhos em seu sótão então descobre o animal intruso

Por
em Gatos

Em um dia de inverno, April Fiet ouviu barulhos estranhos vindo do seu sótão, como era frio, acreditou ser um pequeno roedor ou mesmo um guaxinim, procurando lugar para se abrigar. Contudo, os barulhos se intensificaram, lhe assustando. E quando o seu marido foi conferir, descobriu que se tratava de um gato.

“Meu marido ouviu miados no meio da noite”, disse Fiet ao The Dodo. “Quando acordei na manhã seguinte, ele me disse: 'Você não vai acreditar nisso, mas acho que tem um gato no nosso sótão'”.

O casal chamou o controle de animais para ajudá-los a pegarem o felino. E para isso a equipe forneceu armadilhas e comida, na tentativa de atraí-lo para um local aberto. Durante o processo de captura, April instalou câmeras de segurança para filmar a performance do gato e compartilhou as imagens nas suas redes sociais.

“Uma hora depois, tivemos imagens de câmeras de segurança deste lindo gato comendo a comida que fornecemos”, disse Fiet.

No dia seguinte, o gato que foi nomeado Atticus foi capturado por uma das armadilhas. April ficou encantada com sua sedosa pelagem preta e por seus olhos grandes e, assim que o pegou, o levou para o veterinário para um check-up.

“[O veterinário] disse que poderíamos levá-lo para casa e esperar que, com paciência e amor, Atticus aprendesse a confiar em nós.”

Só que tinha um detalhe na adoção, o filho do casal é alérgico e a presença do animal pioraria o caso do menino. Mas deixar Atticus a própria sorte, ainda mais em dias frios, não era uma opção. “Então decidimos cuidar dele e ver o que poderia acontecer”, contou.

O animal foi acomodado na lavanderia da casa, como era um ambiente grande, ele poderia caminhar a vontade. E nas suas andanças pelo local, descobriu um cantinho na máquina de lavar e fez dali o seu lugar favorito.

“Ele morou lá por mais de dois meses”, disse Fiet. “Ele só saiu quando não estávamos na sala, mas conseguimos fotos e vídeos de seus movimentos da câmera de segurança que colocamos lá. Ele se escondia no momento em que nos ouvia entrar na sala.”

O gatinho se apaixonou por aquele canto, que não saia dali por nada. E tentando aproximá-lo da família, April atraia o felino até a sala com guloseimas. Até que um dia ele sentiu confiança na mulher e se permitiu comer um petisco deitado em seu colo. “E mais de dois meses depois de encontrá-lo em nosso sótão, ele veio e sentou no meu colo!”

Lentamente o gatinho tem perdido o medo e explorado a casa. Ele até chegou a 'roubar' alguns objetos para levá-los para o seu esconderijo. E incrivelmente a alergia do filho não se manifestou com a presença de Atticus.

“Ficamos encantados ao descobrir que meu filho não é alérgico ao Atticus. Meus dois filhos adoram passar tempo com Atticus e brincar com ele. Estamos fazendo pequenos progressos todos os dias.”

Confira o gato no seu lugar favorito da casa:

Que bom que esse gatinho se refugiou na casa de pessoas de bons corações que o adotaram! E se você deseja segui-lo nas redes sociais, clique aqui.

Assista também:

O cachorro que VIROU BABÁ de gatinhos e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet