Cão que vive em escola há mais de 10 anos é ameaçado de despejo e é protegido por professores

Por
em Notícias

Nino é um simpático vira-lata caramelo que vive na Escola de Referência Em Ensino Medio (EREM) Clotilde De Oliveira, localizada na Avenida Norte, no bairro de Casa Amarela, em Recife, Pernambuco, há mais de dez anos.

E após tanto tempo convivendo com alunos e professores, ele corria o risco de ser despejado, mas a professora de Língua Portuguesa, Terezinha Freitas, se engajou na causa para o contrário acontecer.

Em entrevista ao Amo Meu Pet, Terezinha contou que leciona na escola há cinco anos e Nino está lá bem antes dela chegar e todos aqueles que frequentam a instituição — tanto alunos e professores — que amam e respeitam os animais, ajudam a cuidá-lo.

Delaine é professora de Biologia e também cuida de Nino, e certa vez visitando outra instituição de ensino se deparou com um cãozinho que também era adotado pela escola, porém era 'legalizado' através de um projeto chamado 'Cão Legal'.

E para evitar que Nino fosse escorraçado da escola por aqueles que não gostam de animais, Delaine, Terezinha, alunos e outros professores criaram o projeto 'Cão Nino', inspirados no projeto que a outra escola teve. Assim, o pessoal se organizou e a primeira coisa que fizeram foi levá-lo para uma consulta, lá a médica solicitou vários exames para serem realizados.

Juntos, arrecadaram dinheiro para os custos dos exames. E conforme disse a professora: "Graças a Deus, está dando tudo certo!! Pois Nino, apesar de ser um animal de rua, comporta-se muito bem e deixa realizarem os exames numa boa".

Para muitos, Nino é mais que um cão e, sim, um amigo. Ele chega a participar das aulas daqueles professores que permitem sua presença. E na sala da professora Terezinha com certeza ele marca presença.

"Os meus alunos já estão acostumados e aceitam, sem problemas, a presença dele na sala de aula".

Graças a ação das professoras Terezinha e Delaine, Nino não poderá mais ser expulso. Pois elas sensibilizaram a maioria dos profissionais da escola para regularizarem a vida do pet no local. Assim todos tem contribuindo financeiramente para compra de ração e para as consultas do médico veterinário.

"Graças a Deus, a situação de Nino está melhor, mas estamos em busca de fazer o melhor para ele, uma vez que ele já está com 12 anos, segunda a veterinária e vamos assegurar um final de vida confortável e digna para Nino, pois ele merece, porque também é filho de Deus", vibrou aprofessora.

Segundo a professora, Nino é um pet carinhoso, comportado, inteligente e amigo de todos. Não seria justo após tanto tempo na escola expulsá-lo! Que bom que no final aceitaram ele no local, mas melhor seria se ele encontrasse um lar.

Você conhece alguma outra história fascinante sobre animais de estimação? Então clique no link abaixo e envie para nós a sua pauta, ela pode virar uma matéria exclusiva do nosso portal.

Envie uma história - Seu pet pode virar uma matéria em nosso site!

Veja também este vídeo novo:

Gato dá OVADA em cachorro e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet | Com Pépe Bonner