Mulher estranha ver seu cachorro com buracos e fica arrasada com revelação de veterinário

Por
em Notícias

Era sábado, Jackson, um cão da raça Mastiff inglês com menos de um ano, brincava no quintal de casa, localizada em Seymour, Indiana (EUA) quando um ataque horrendo aconteceu.

Um vizinho não identificado o mirou com uma arma de pressão e o acertou com cerca de 70 balas. O caso aconteceu em 2017. A americana Hayden Howard é tutora do filhote e disse que o cão brincava no pátio cercado de casa. Ela percebeu o ataque à noite, quando ao acariciá-lo viu pequenas manchas em sua pele. O cão não apresentava nenhum mal-estar ou se quer reclamava de dor.

Ao examiná-lo, pensou que as manchas fossem picadas de insetos, mas num segundo olhar minucioso, percebeu que se tratava de bolinhas de arma de pressão. E não foi um, dois, três tiros, foram dezenas! Uma pessoa teve a coragem de atacar um inocente por brincadeira.

Chocada, a mulher se recuperou da raiva que a dominou e levou Jackson até um médico veterinário para que fosse examinado com urgência. De cara o veterinário removeu 27 balas, no total foram 70 projéteis disparados em um ser que não havia feito mal a ninguém.

Hayden denunciou o caso e por investigação descobriu-se que o autor do crime era um vizinho e, claro, não ficou impune. E segundo informações da polícia, anos atrás o mesmo homem já havia sido condenado por outras atrocidades.

Jackson se recuperou e vive bem ao lado de sua família.

Veja mais imagens no vídeo abaixo:

Você conhece alguma outra história fascinante sobre animais de estimação? Então clique no link abaixo e envie para nós a sua pauta, ela pode virar uma matéria exclusiva do nosso portal.

Envie uma história - Seu pet pode virar uma matéria em nosso site!