Cachorro abandonado em floresta junto a seus pertences recebe nova chance de ser feliz

Hank estava sentado em uma caminha e ao lado dele havia um saco de ração fechado

Por
em Cães

Abandonado na floresta, Hank tinha apenas oito meses de vida quando foi encontrado por um morador local. No entanto, ao invés de ficar feliz por alguém finalmente tê-lo achado, o canino não esboçou nenhuma reação.

Hank foi encontrado em uma situação de partir o coração. Junto a uma caminha, um pote de comida e água, brinquedos, além de um pacote de ração fechado, o qual não conseguiu abrir.

Ao avistar o canino, o homem ligou para o abrigo de animais local, este, por sua vez, enviou imediatamente uma equipe de resgate.

Quando chegaram no local indicado, os membros da equipe se preocuparam com o fato de que o cão pudesse se tornar agressivo durante o resgate, como forma de sobrevivência.

Entretanto, a equipe se surpreendeu com o canino que ficou extremamente feliz ao entender que seria levado embora dali.

“Ele não era nada além de amor desde o momento em que o pegaram”, contou Rosa Fond, fundadora da Humans and Animals United , ao site The Dodo.
“Todo mundo diz que ele é o cachorro mais doce”, acrescenta.

Depois do resgate, a equipe do abrigo levou Hank ao veterinário.

Lá descobriram que ele estava com uma perna quebrada e, por isso, não correu alegremente quando foi encontrado.

De acordo com o veterinário, Hank havia sofrido essa lesão há mais de duas semanas antes de ser resgatado.

Para poder realizar a cirurgia extensa e, então, proporcionar uma nova vida para o animal, o abrigo procurou a Humans and Animals United a fim de conseguir ajuda.

O filhote foi levado para um hospital veterinário local, onde ficará hospedado por um tempo até ganhar mais peso para poder realizar a cirurgia sem grandes riscos.

Enquanto isso, Hank recebe muito amor de todos os funcionários da clínica.

A Humans and Animals United decidiu compartilhar a história em suas redes sociais e, desde então, várias pessoas se comoveram com a história e se prontificaram para adotar o canino.

Nesse sentido, Rosa detalhou que antes do animal ter um novo lar para morar, ele terá que enfrentar uma pequena jornada até estar totalmente saudável e, consequentemente, poder ser adotado.

“Ele está seguro agora e nunca mais vai se machucar”, finaliza a mulher.

Abandono

Infelizmente, Hank é apenas um entre tantos casos de abandono. No mês de setembro, o The Dodo relatou sobre um caso parecido.

Uma cachorrinha, de cerca de quatro meses, chamada Zoomie também foi encontrada sozinha na floresta, na beira de uma estrada.

A canina encontrou um pequeno riacho que a manteve hidratada enquanto ninguém aparecia para resgatá-la.

Foi quando um homem que passava pela estrada a viu e ligou para o serviço de resgate de animais de Washington: “Adams County Pet Rescue (ACPR)”.

Contudo, ao contrário de Hank, Zoomie estava muito assustada e não facilitou o resgate.

Mas, invés de cercá-la e colocá-la à força dentro da caixa, a diretora da ACPR, Kyya Grant, optou por conquistar sua confiança.

Kyya conversou com ela e explicou que estava tudo bem. Ainda desconfiada, a canina não quis deixar ninguém chegar perto.

Foi com paciência e persistência que Zoomie cedeu e deixou ser resgatada pelo abrigo, onde tempo depois encontrou um novo lar.

Assista também:

O caso do cão LADRÃO DE PELÚCIA e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet, o petjornal com memes

Redatora.

Últimas notícias