Boa Sorte: Casal resgata gato preto de rua e seis meses depois ganha na loteria

Tony e Deb estavam muito endividados, mas tudo mudou depois de Billy entrar em suas vidas

Por
em Gatos

Para algumas pessoas o gato preto está associado a má sorte, porém um casal provou que tudo não passa de um grande mito. Seis meses depois de adotar um gatinho preto eles ganharam um milhão de libras esterlinas na loteria nacional, valor que quando convertido em reais ultrapassa os 6 milhões.

Tony, de 71 anos, e Deb Pearce, de 63 anos, moradores de Essex, na Inglaterra, começaram a alimentar Billy na época em que enfrentavam grandes dificuldades financeiras.

O casal até temia ter que vender sua casa depois de afundar em dívidas no ano de 2017, mas o que não esperavam é que a sorte estaria ao seu lado.

Os tutores de Billy agora aproveitam as mordomias e as férias em família na sua segunda casa em Norfolk, nos Estados Unidos.

Deb até hoje parece nem acreditar ter ganho na loteria, pois se pergunta brincando ‘quem é o milionário da Loteria Nacional por aqui?’

O dinheiro não só melhorou a vida do casal, mas ainda os auxiliou a realizar o casamento de seus sonhos.

“Quando Billy apareceu, estávamos perto de vender nossa amada casa, pois não encontramos outra saída”, explicou Deb.

Isso porque, Tony havia parado de trabalhar devido a problemas de saúde. Logo, as dívidas só foram acumulando.

“Parecia que nossa única opção era ir para um apartamento alugado, então, seis meses depois que Billy chegou, a sorte veio e nossas vidas mudaram para sempre”, detalha a mulher.

Com o dinheiro, o casal conseguiu quitar todas as suas dívidas, permanecer na casa e ainda poder fazer uma boa reforma nela.

“Gostamos das férias fora e, mais perto de casa, compramos uma casa em Norfolk, um lugar onde sempre adoramos passar o tempo e onde toda a família pode aproveitar”, lembra.

Mas, infelizmente, Billy (com aproximadamente oito anos de idade) foi diagnosticado com diabetes, sendo necessário seguir uma dieta sob medida.

Somado a isso, o felino também precisava levar injeções duas vezes ao dia.

“Talvez seja devido aos seus dias de gato de rua, quando deve ter desfrutado de uma dieta muito variada, então agora temos que manter uma seleção de alimentos para ele”, frisa.

Por conta de todos os cuidados, Billy passa o máximo de tempo possível junto de seus tutores, tanto que Tony comprou uma enorme caixa transportadora para que o felino se sinta bastante confortável durante as viagens a Norfolk.

“Ele chega, cheira um pouco o convés e depois se acomoda como se nunca tivesse ido embora”, observa Deb.
“Quando me pego pagando a conta do atendimento veterinário ou da dieta especializada de Billy, que custa mais do que nossa viagem anual ao Savoy, não posso deixar de pensar que pode ser que Billy também tenha sorte”, finaliza.

E você, seu animal já lhe trouxe sorte?

Redatora.

Últimas notícias