Comerciante que agrediu cãozinho com barra de ferro é preso em Piumhi (MG)

Na última quarta-feira (28), a Polícia Militar do Meio Ambiente (PMMA) de Piumhi (MG) prendeu um comerciante acusado de agredir covardemente um cachorro com uma barra de ferro.

Devido à fraca legislação animal vigente em nosso país, o agressor foi solto após ter assinado um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO).

Segundo a Polícia Militar do Meio Ambiente, diversas testemunhas relataram que o comerciante espancou brutalmente o cachorro. Após as agressões, ainda o colocou em um saco de lixo e o jogou em uma lixeira, próximo ao estabelecimento comercial dele.

Os policiais encontraram o cãozinho ainda com vida, agonizando de dor na lixeira. Ele foi encaminhado para o Canil Municipal, onde foi atendido por um médico veterinário.

Segundo o laudo veterinário, o cão não conseguia se movimentar, tinha ferimentos graves no olho esquerdo, apresentava salivação e tremor, além de afundamento do crânio. Os veterinários optaram pela eutanásia do cachorro.

Fonte: G1Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários