9 maiores erros que donos de cães cometem

Acontece. Somos todos humanos e cometemos erros. Aqui estão alguns erros a serem evitados se você for um dono de cachorro pela primeira vez ou se deseja começar de novo sua reeducação no convívio com seu animal de estimação.

1 - Pensar que seu cão vai deixar de ter um mau comportamento por conta própria.

Cães quando filhotes adoram fazer travessuras, e eles podem levar alguns comportamentos da infância para a vida adulta. Se o seu cão aprendeu que morder o chinelo é divertido, ele continuará fazendo isso até que você o treine que isso não é correto - é simples assim.

2 - Deixar sempre para depois o treinamento.

Muitas pessoas pensam que um filhote não consegue aprender e esperam até que seu cachorro seja um adolescente para tentar educá-lo. No entanto, os filhotes podem começar a aprender coisas assim que você os leva para casa. Cães aprendem por repetição, por isso é bom praticar todos os dias.

3 - Punir por acidentes em casa.

Todos já sabem que esfregar o focinho do seu cão nas cacas que ele fez em casa é completamente inútil e isso só traz traumas para o seu amiguinho (como ficar com vergonha de fazer suas necessidades e até mesmo comer suas cacas para esconder de seu dono e evitar ser repreendido). Tente usar palavras de ordem, palmas, pequenos esguichos de água, por exemplo, no momento exato da atitude errada que ele teve. Nem é preciso dizer que se deve evitar agressões, correto? Além disso, agressões podem causar todos os tipos de problemas emocionais com o seu cão que você terá que consertar mais tarde.

4 - Supor que todo cão é amigável.

Enquanto alguns cães são muito sociáveis e gostam de cumprimentar a todos, nem todo cachorro é assim quando você leva o seu pequeno passear na rua. Pode ser o seu cão ou outro cão que seja reativo. De qualquer maneira, não assuma que todo cachorro é amigável. A melhor política é sempre perguntar antes ao outro dono do cão se o seu cão pode cheirar o animalzinho.

5 - Não ter regras definidas para educá-lo.

Os cães são criaturas habituais, o que significa que eles se saem melhor com uma rotina e regras consistentes. Se você continuar mudando seus limites - por exemplo, ele não pode subir no sofá, e em algumas excessões você deixa - seu cão vai acabar confuso e começar a ignorar sua fala, achando que ele é a autoridade no seu lar, podendo fazer e conseguir tudo o que quer.

6 - Não ir ao veterinário quando é necessário.

De acordo com um relatório do Banfield Pet Hospital, 37% dos nossos cães estão acima do peso, e outras doenças como diabetes, artrite, doenças da tireoide e dos rins, e até infestações por pulgas estão aumentando. Isto poderia, em parte, ser devido ao fato de que as visitas ao veterinário caíram em 21%. Evite que problemas atuais se tornem graves no futuro, e leve seu cão sempre que necessário ao vet.

7 - Não organizar sua casa para seu cachorro.

Uma casa deve ser preparada antes que um novo cachorro seja levado para casa, assim como você faria para um bebê. Muitas pessoas não tomam cuidado, o que leva a envenenamentos, obstruções devido a objetos engolidos e itens domésticos arruinados. Preste atenção na organização da sua casa, deixe objetos pequenos e remédios longe do seu amiguinho.

8 - Incentivar o mau comportamento do seu cachorro.

Essa é uma armadilha na qual quase todos os donos de cachorros caem - filhotes são tão fofos que até coisas ruins, como latir para você por atenção, pular, morder você para brincar, roubar comida, etc., são muitas vezes ignoradas ou mesmo achamos bonitinho. Mas depois o cachorro cresce e não é mais tão fofo. Agora você tem muito treinamento para fazer.

9 - Não lhe dando socialização suficiente.

Muitos proprietários tem receio em levar um filhote para encontrar outros cães, por causa de germes ou simplesmente por não terem tempo. Mas os filhotes precisam ser socializados para que cresçam bem. Existem maneiras de socializar e minimizar o risco de germes, como sentar em seu quintal, ir para um passeio de carro, levá-lo no colo ou colocá-lo em um carrinho de passeio. E, mesmo que você tenha apenas 10 minutos por dia, você pode trabalhar para deixar seu cão acostumado a outras pessoas, sons, pontos turísticos, passeios de carro, idas à loja de animais, ver outros cães, etc. Na verdade, é melhor se a exposição for para curtos períodos de tempo do que nada.



Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Comportamento