Para serem curados de lesões, cães de rua atropelados são tratados com acupuntura em SC

Os animais resgatados pela Prefeitura de Florianópolis vítimas de maus-tratos ou atropelamento começaram a receber um tratamento alternativo para curar as lesões: a acupuntura.

Os bichinhos são resgatados pela Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea), recebem todo o tratamento veterinário, medicamentos, procedimentos ortopédicos, para depois, caso a lesão persista, passarem por sessões de acupuntura.

O tratamento é feito gratuitamente pela voluntária e veterinária Roberta Mounayer, que já está atendendo os pacientes Linda, Rodolfo e Cássio. Todos eles, vítimas de atropelamento em via pública.

“É emocionante poder ver a evolução de cães que mal podem andar. É emocionante saber que existam voluntários como a Dr. Roberta que doam seu tempo e sua clínica para o bem dos animais”, diz o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

A capital catarinense tem se destacado nas suas políticas públicas em defesa dos animais. Além de leis contra os maus-tratos, como a tipificação de crime para pessoas que mantém cachorros acorrentados o tempo inteiro, a Prefeitura de Florianópolis investiu nos resgates de animais maltratados, no aumento de castrações e no atendimento veterinário gratuito para famílias de baixa renda.

“Já está em fase de obras e até o final do ano teremos uma estrutura ainda maior para atender nossos animais. Será o Centro de Atendimento à Saúde Animal com mais consultórios, salas de cirurgia e melhor espaço para nossos resgatados”, explica o prefeito Gean.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: G1

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários