Cão idoso após sofrer abandono, se recupera de grande tumor e ganha família super amorosa (veja os vídeos)

Um cachorro idoso foi levado a um abrigo de cães após ser abandonado nas ruas da Geórgia (EUA). Ele chegou ao local triste e depressivo, sem entender porque seu dono fez isso com ele.

Holden, como passou a ser chamado, só foi encontrado devido a uma operação antidrogas da polícia efetuada próximo de onde ele estava.

O abrigo estava superlotado e precisou dar um jeito para acomodá-lo.

Absolutamente faminto, toda vez que via uma tigela de comida, Holden não pensava duas vezes em comer tudo que estava disponível ali.

Aos poucos, foi ganhando peso… Dos 11kg registrados quando fora resgatado, passou a 18kg dois meses depois.

Porém, ninguém esperava que o pobre cachorro, além de tudo o que teve que passar, teria outra catastrófica surpresa. Exames de raios-X revelaram um tumor de 3 kg alojado em sua barriga, dificultando sua ingestão de água e comida.

Felizmente, o abrigo conseguiu marcar uma cirurgia para removê-lo integralmente.

Um vídeo gravado após a cirurgia mostra que mesmo de cabeça baixa e claramente desorientado, o som de uma voz gentil faz o rabo de Holden balançar imediatamente de alegria.

É Melissa Lentz, sua mãe adotiva, que decidiu levá-lo para casa após tomar conhecimento de sua situação. Ela já tem nove cachorrinhos em casa, e Holden passou a ser o décimo membro da família!

“Eu o alimento o tempo todo”, afirmou. “Após a retirada do tumor, todo cuidado é pouco. Preciso estar alerta. Creio que ele esteja completamente recuperados nos próximos dois ou três meses. Holden tem muito o que viver ainda!”

Fonte: The Dodo

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários