Doguinho rouba a cena e o buquê de noiva e viraliza nas redes sociais

A jovem norte-americana Kristen Dupree, de 24 anos, fez acidentalmente uma sessão de fotos incrível com seu cãozinho Zeke.

Ela levou o cachorro para a cerimônia e, quando estava no ápice do nervosismo, pediu para ver o labrador de dois anos. O resultado? A alegria de Zeke roubou a cena do ótimo ensaio com a noiva.

A fotógrafa responsável pelo ensaio, Perri Farrow, fez lindas fotos, mas nunca tinha fotografado esse tipo de encontro em casamentos.

“Por mais que não seja incomum os casais levarem seus animais para sessões de noivado, vê-los no casamento não é o tipo de coisa que acontece frequentemente”, contou ao site americano Bored Panda.“Quando Kristen pediu para fazer o ensaio de ‘primeiro olhar’ com o Zeke, eu fiquei muito animada e aceitei. Foi uma ideia muito fofa!”, completou.

“Eu adoro quando casais incorporam seus animais em sessões de casamento! Os animais trazem honestidade e autenticidade emocional de seus donos, e capturar a alegria genuína que eles sentem quando estão com seus pets é incrivelmente fácil”, acrescentou Perri.

De acordo com ela, Zeke se comportou muito bem durante a sessão, mas ficou mais interessado no buquê que Kristen segurava do que na noiva. O cachorrinho era tão importante para o casal que virou até o nome de um drink na festa. E nada mais justo do que celebrar a amizade entre ele e a noiva pra mostrar o seu valor nessa família.

Numa entrevista ao jornal USA Today, Kristen disse que a ideia surgiu porque seu marido só a queria ver realmente no altar. “Duncan (o marido) decidiu desde cedo que queria me ver vestida de noiva pela primeira vez andando até o altar com meu pai, e não com um álbum de noivado. Acabamos brincando sobre fazer essas fotos com o Zeke”, contou a noiva.

Fonte: iPhoto Channel

Confira as fotos que Perri Farlow fez:

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários