Juiz faz agressores de animais sentirem na própria pele o mal que causaram

O juiz americano Michael Cicconetti é conhecido por distribuir punições criativas - e em muitos casos humilhantes - aos criminosos que pisaram em seu tribunal em Painesville, Ohio, nos Estados Unidos.

Um criminoso chamado Sutton se declarou culpado de acusações de crueldade contra animais na semana passada (17/05/2016), depois de ter admitido à polícia que ele atirou um filhote no sexto andar de um prédio no dia 3 de maio de 2016. A equipe de investigação encontrou o cão em um compactador de lixo e informou à polícia, que rastreou Sutton e o prendeu.

O homem de 23 anos, de Ohio, disse aos investigadores que ele matou seu cão - uma mistura de pitbull de laboratório chamado Knox - porque o filhote fez xixi na sua cama. Um policial relatou que esse caso foi um dos piores casos de crueldade aos animais que ele já viu.

No momento em que Sutton ficou na frente de Cicconetti na segunda-feira, o juiz admitiu que tinha uma ideia clara de como gostaria de ver o assassino do animal de estimação pagar por seu crime, e de acordo com um vídeo publicado por um canal de notícias, o juiz fez a seguinte afirmação para o criminoso:

“Você é um doente. Você é revoltado. Você é cruel. Se eu gostaria de colocá-lo em uma lixeira? Oh sim. Eu adoraria fazer isso!".

Mas Cicconetti observou que ele era incapaz de administrar uma de suas "sentenças criativas" porque Sutton não era um criminoso de primeira viagem.

As punições incomuns do juiz são reservadas para uma pequena porcentagem de infratores de primeira viagem e sempre vêm com uma sentença alternativa - geralmente tempo de prisão, serviço comunitário, multas ou alguma combinação delas.

O juiz sustenta que viu poucos infratores reincidentes desde que começou a aplicar punições não ortodoxas em meados dos anos 90, de acordo com o News-Herald.

Houve o tempo em que ele forçou uma mulher que abandonou gatinhos doentes a passar uma noite sozinha em uma floresta sem água, comida ou entretenimento.

Com essas e outras decisões, o juiz americano vem ficando cada vez mais popular pelas redes sociais.
E você, o que achou dessa atitude do juiz em decretar punições criativas para que criminosos sintam na própria pele o mal que causam? E se a moda pega?




Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Notícias