Menina desaparecida era mantida em segurança por cachorro cego, surdo e idoso

Ser surdo e parcialmente cego não impediu que Max, um cãozinho de 17 anos, mantivesse uma criança perdida em segurança depois que ela desapareceu na selva da Austrália, eventualmente auxiliando em seu resgate também.

A Polícia honrou ele por seu papel no resultado positivo do resgate da menina. A pequena Aurora desapareceu em uma sexta-feira de abril de 2018, indo para o deserto do interior de Queensland. Uma equipe de emergência saiu a sua procura, mas não conseguiu encontrar sua localização.

Ela permaneceu desaparecida durante toda a noite chuvosa. Max, no entanto, manteve sua boa companhia - e talvez calorosa - e ajudou a levar a avó de Aurora, a senhora Leisa, que ouvira os gritos da criança, para junto da menina. Max, descrito como meio cego, foi decretado um herói pela polícia. Ele foi proclamado cão policial honorário nas redes sociais da polícia local.

A menininha Aurora estava em boa forma, sofrendo apenas alguns arranhões durante a sua jornada, e também estava animada. O coordenador de serviços de emergência, Ian Phipps, disse aos repórteres da Australian Broadcasting Corporation que Aurora foi descoberta a mais de um quilômetro de casa.

Ao redor da casa existe uma área bastante montanhosa e é um terreno muito inóspito para caminhar, então ela viajou bastante longe com seu cachorro que era bastante leal.”

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Notícias