Animais de abrigo de João de Deus são encontrados em estado de calamidade e são salvos por ONG

Debilitados, sem água e sem comida... assim que 80 animais foram encontrados no local

Crueldade sem tamanho! Cerca de 80 animais em estado de calamidade, foram encontrados em um abrigo que era mantido por João de Deus, na cidade de Abadiânia (GO).

A ONG Socorro Animal de Caldas Novas foi até o local e encontrou os animais sem comida e sem água. Os 50 cachorros e 30 gatos que viviam no lugar estavam machucados, doentes e extremamente debilitados.

Muitos foram encontrados ‘agonizando’, com feridas expostas que continham vermes. Apesar da gravidade da situação, o integrante da ONG, Josiel Pedro Barbosa, disse que não tinha como resgatar todos os animais.

“Eu me propus a ficar com dez animais, outra colega com outros dez, mas ainda restariam 30 cães e 30 gatos”, afirmou Josiel. Os animais, antes de qualquer coisa, precisariam ser tratados, medicados, ser alimentados e receber todo o carinho que foram negligenciados.

E iriam permanecer no local até que outra solução pudesse transformar a realidade deles. O que felizmente, aconteceu e aconteceu rápido. O caso chegou ao conhecimento do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e na segunda-feira (27), ele declarou que todas as medidas necessárias já estão sendo tomadas e que os animais seriam transferidos para clínicas veterinárias.

“Nós vamos nos certificar de que sejam bem cuidados e destinados a adoção responsável”, declarou Caiado.

Ufa! Que bom que eles foram notados e serão salvos! Estamos torcendo por um futuro feliz para cada um desses fofinhos.

Confira a situação em que eles foram encontrados:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários