Detentos de penitenciária cuidam de cães resgatados em troca de alívio de pena

Para ressocializar os detentos que cumprem penas relacionadas a crimes de baixa periculosidade, uma penitenciária de Itajaí (SC) criou um programa multidisciplinar que os estimula a cuidarem de cães abandonados em troca da redução da pena.

O projeto ‘ReabilitaCÃO’ contará com 10 detentos participantes em sua primeira etapa. Eles poderão cuidar dos cãezinhos enquanto fazem um curso profissionalizante de banho e tosa.

De acordo com a unidade prisional, todos os cães resgatados serão disponibilizados posteriormente para adoção.

Trata-se de uma iniciativa muito positiva e que responde a duas questões problemáticas: a ressocialização dos presos na comunidade e a situação degradante que muitos cães em situação de rua são expostos no perímetro urbano.

“A ideia surgiu pela busca de novos métodos de ressocialização dos apenados em Santa Catarina, como um diferencial do sistema prisional, além de outros métodos que já são implantados”, explica Bruna.

Para que o projeto saísse da teoria foram doze meses de preparação. Os presos construíram o espaço para os cãezinhos, que conta com canil, gramado, brinquedos e uma piscininha para os animais se refrescarem no calor.

De acordo com a juíza Cláudia Ribas Marinho, titular da Vara de Execuções Penais da comarca de Itajaí, “os resultados dessa iniciativa já podem ser percebidos no comportamento dos presos”.

“Nós já vimos mudança de comportamento. Os profissionais que trabalham no setor psicossocial fizeram uma avaliação, antes e depois, do comportamento dos presos. Há mudança de temperamento e mais confiança no futuro”, explicou.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários