Policial adota cachorro traumatizado por abandono encontrado em lixão no MT

No início deste mês, a cadela Princesa foi encontrada por dois policiais militares dentro de um lixão em Várzea Grande (MT).

Desde então, após o trauma do abandono, a vida da cachorrinha de apenas três meses mudou completamente.

Princesa foi resgatada pela sargento Alline Santana, que parou a viatura e a pegou no colo.

Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria
Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Alline conta que a cadela estava 'ensopada' de água, encolhida no meio daquele lixo.

Encaminhada a uma clínica veterinária, Princesa foi medicada e tomou banho. Estava cheia de carrapatas e muito debilitada.

Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria
Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

A sargento já tinha outros 4 cães adotados em casa, não tendo condições de abrigar mais um. Assim, recorreu a um parceiro de corporação, o soldado Alessandro Nascimento, que adotou a filhote.

Princesa ganhou um lar e o coração da família de Alessandro, conforme conta o PM, especialmente a filha de dois anos dele, Ranielly, que a batizou assim para ‘combinar’ com outra cadela que eles têm em casa, Mel.

Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria
Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários