Cachorrinha enferma e que nasceu sem nariz encontra família que a ama e a considera perfeita

Um rapaz encontrou uma cachorrinha recém-nascida vagando pelas ruas do Kentucky (EUA) e entrou em contato com o controle de animais da cidade para que eles fizessem o trabalho de resgate.

Ao chegarem, os agentes perceberam que o animal não tinha nariz e nem o lábio superior.

Tal deformidade não foi causada por uma lesão, mas era congênita (isto é, ela nasceu assim).

 Kelli Shook
Kelli Shook

Encaminhada a um centro veterinário, constatou-se que a cadela tinha cerca de 9 anos e estava com tumores malignos nas mamas. Ela também estava com uma hérnia e problemas dentários graves, agravados pela exposição dos dentes superiores.

Por conta da gravidade dos seus problemas, a pequena foi encaminhada para a ONG “Woodstock Animal Foundation” (WAF) para ser submetida a um tratamento.

 Kelli Shook
Kelli Shook

A ONG publicou a história da cachorrinha em seu perfil nas redes sociais e conseguiu arrecadar cerca de US$ 6 mil (R$ 24,5 mil) em doações, superando (e muito!) a meta para cobrir suas despesas médicas.

 Kelli Shook
Kelli Shook

Diversos veículos de comunicação veicularam a história da cadela em seus noticiários locais, exaltando sua força de vontade e garra para continuar vivendo em meio às adversidades.

Certo dia, a coach Kelli Shook, de Ohio (EUA), estava assistindo ao noticiário e, por sorte, tomou conhecimento dela.

“Eu não sei o que era, mas tinha algo no meu coração que sabia que ela era perfeita”, disse Kelli. “Ela é muito amigável, indo até todo mundo, sem medo de outros animais, sem medo de pessoas. Ela é ótima com crianças – ela absolutamente adora crianças. ”

 Kelli Shook
Kelli Shook

Kelli trabalha especialmente com crianças. Quando adotou Mirabel, ela sabia que a pequena inspiraria seus pequenos clientes.

“Estamos iniciando um programa para jovens aqui em nossa área, onde podemos ensinar empatia às crianças usando animais que não são considerados tradicionalmente ‘normais’ ou amáveis”, disse Kelli.

A conselheira infantil reconhece que o rosto de Mirabel pode ser chocante de se ver num primeiro momento. Até seus próprios filhos tiveram um susto inicial, mas eles superam rapidamente.

 Kelli Shook
Kelli Shook

“Em pouco tempo as crianças se acostumaram com ela e agora acham ela muito fofa”, disse a coach.

Tutora e adotada ensinam aos pequenos que todos merecem receber carinho e bondade da mesma maneira, não importa como elas sejam ou de onde elas venham!

“Não sabemos ao certo quanto tempo ela vai ficar por aqui, mas vamos aproveitar o melhor da segunda metade de sua vida e ajudar outras crianças enquanto isso”, disse Kelli.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários