Em vídeo viral, cadela boxer fica indignada com dona por ter estragado seu rolê em casa de vizinho

"Fala sério, você vai mesmo estragar o meu rolê?" - parece que é isso que essa cachorra boxer pensa.

Alguns cães apresentam comportamentos um tanto quanto... peculiares. A boxer Daisy May nos mostra um desses comportamentos, em um vídeo gravado já há algum tempo pela sua dona Brittany Young, uma cantora e compositora de Oklahoma, nos Estados Unidos.

Foto: Reprodução Youtube /  Brittany Young
Foto: Reprodução Youtube / Brittany Young

O vídeo fez o maior sucesso e acumula mais de 1,4 milhões de visualizações. O que ela faz de tão incomum assim? Daisy resolve sair de casa, dar uma espairecida, fugindo até o vizinho que, provavelmente não é perto, já que a dona precisa ir de carro buscá-la. E isso, todos os dias, TODOS.

Brittany não sabe ao certo o motivo que a leva até lá, mas a encontra perto de um cavalo. Seria esse um grande amigo de Daisy? Não sabemos, mas o que mais chama atenção, é a atitude de Daisy quando é resgatada, é simplesmente hilária.

Foto: Reprodução Youtube /  Brittany Young
Foto: Reprodução Youtube / Brittany Young
Foto: Reprodução Youtube /  Brittany Young
Foto: Reprodução Youtube / Brittany Young

Como uma adolescente sendo repreendida por seus pais por ter que sair mais cedo de uma festa, a boxer fica completamente insatisfeita por ter sido encontrada. Se joga no banco, resmunga, balança a cabeça em sinal de não e argumenta com sua dona que tenta explicar que ali não é sua casa.

Foto: Reprodução Youtube /  Brittany Young
Foto: Reprodução Youtube / Brittany Young
Mas Daisy parece discordar, como quem diz: "Qual é, mãe, dá um tempo..". Não acredita? Então vem ver o vídeo desse dilema entre uma mãe e sua filha adolescente:Quem nunca passou por isso? Te entendemos, Daisy May.. Espere a maioridade e tudo ficará mais fácil!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários