Em Fortaleza, por causa de ar-condicionado, cão golden retriever se recusa a deixar Banco e dono precisou pedir ajuda

Em meio ao verão de Fortaleza, o cão ficou feliz quando finalmente entrou no lugar com o ar-condicionado. O difícil foi querer sair.

Ao entrar em uma agência bancária de Fortaleza, junto com o seu dono, o bancário aposentado Valdo Sombra, o golden retriever Zeca finalmente conseguiu se refrescar com o ar-condicionado e se recusou a sair do ambiente, em meio ao forte calor típico do nordeste brasileiro. 'Agora que eu consegui enfim me refrescar, você quer sair?' - parece que é isso que esse peludinho pensa.

Foto: Divulgação / Saulo Tavares
Foto: Divulgação / Saulo Tavares

O caso aconteceu nessa semana, dia 11, e acabou surpreendendo até mesmo o dono Valdo. "Uma funcionária permitiu que entrássemos juntos na agência e depois que resolvi minhas coisas, o Zequinha não quis sair. Chamei ele, puxei a coleira, mas nada de ele querer deixar o friozinho do local", disse Valdo.

Após muitas tentativas, Valdo teve que pedir ajuda de um homem do local para conseguir fazer com que Zeca saísse. Parece que ele é fã de lugares refrigerados e também não gosta muito de caminhadas no calor. "Ele gosta muito de lugares frios porque é muito peludo. Quando queremos sair de manhã, ele não gosta e não quer ir junto. O Zequinha é muito inteligente", conta Valdo.

Te entendemos, Zequinha!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo.
Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários