Cão morre após ser baleado ao defender catador de lixo em tentativa de homicídio em Camboriú

O fato ocorreu no Litoral Norte catarinense, no sábado (1º) e o animal morreu na manhã desta segunda-feira (3). O cão tentou avançar no atirador, mas foi atingido na cabeça com uma bala no olho. O Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) colocou o animal dentro da viatura e levou até uma veterinária, para ser cuidado. Passou por uma cirurgia, mas acabou não resistindo à gravidade dos ferimentos.

Já o catador de lixo, de 43 anos, faleceu ainda no sábado no Hospital Ruth Cardoso. Há informações de que ele possuia antecedentes criminais, tais como: 14 passagens por furto, violência doméstica e lesão corporal. O agressor ainda não foi identificado.

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Notícias