De rejeitado a adotado: único cachorro que não foi adotado em abrigo sorri ao ganhar novo lar

A história do cachorro Capone não é fácil, mas felizmente teve um final feliz!
Foto: Ionia County Animal Shelter
Foto: Ionia County Animal Shelter

Mesmo sendo dóceis e cheios de amor para dar, alguns cães se deparam com algumas situações de cortar o coração.

Vivendo em um abrigo de Ionia, em Michigan, o cachorro de sete anos, Capone, teve que lidar com algumas situações delicadas - foi devolvido de uma adoção e foi o único cachorro que restou no local.

Mesmo muito gentil e sociável, o cachorro assistiu seus companheiros serem adotados um a um, sendo ele, o único a restar no local.

Quando ele foi devolvido ao canil, Capone ficou deprimido e não quis mais comer, comovendo a todos no abrigo. “Ele perdeu um pouco de peso, porque ele simplesmente não tinha o mesmo apetite que em sua casa. Era muito difícil conseguir fazer com que ele comesse. Tivemos que persuadi-lo diariamente com guloseimas e comidas úmidas variadas”, disse Carly Quinn, diretor do Abrigo de Animais.

A greve de fome de Capone era compreensível, afinal quem poderia ficar feliz com tanta rejeição? Os animais sentem e sentem muito.

Foto: Ionia County Animal Shelter
Foto: Ionia County Animal Shelter

“Depois que ele foi abandonado pela segunda vez, parecia que realmente se sentia traído. Ele se tornou muito ligado a nós, funcionários do abrigo”, disse Quinn. É de cortar o coração, né?

A história do ‘cão de velcro’, como foi apelidado pelos funcionários do abrigo pelo fato de querer sempre estar perto das pessoas, foi parar nas redes sociais e comoveu muita gente que ficou sensibilizada pela sua história.

Foto: Ionia County Animal Shelter
Foto: Ionia County Animal Shelter

Com tanta repercussão, logo apareceu um casal interessado em adotar Capone. Apesar da demonstração em querer adotá-lo, o diretor do abrigo estava certo que a escolha final seria a de Capone.

“Minha equipe e eu estávamos cruzando os dedos para que Capone gostasse deles. Quando entramos no seu canil, ele parou e olhou para Jon e Ashlee por um tempo. Os dois se ajoelharam e Capone correu direto para os braços deles”, conta Quinn.

Foto: Ionia County Animal Shelter
Foto: Ionia County Animal Shelter
Ufa! Que bom que Capone encontrou um lar, mas esperamos que ele permaneça para sempre nele!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários