Cachorro bull terrier equilibra 8 patos de borracha enquanto dorme e vídeo viraliza nas redes sociais

O dono resolveu testar as habilidades de equilíbrio do cão que tem o sono bem pesado.

Ser dono de cachorro é ter momentos de alegria e risos garantidos. Quando não são eles criando situações engraçadas, são os donos fazendo brincadeiras e os usando de cobaias, como o italiano Silvio Parise Salvan, que resolveu testar as habilidades do seu cachorro enquanto ele dormia.

A vítima, digo, o instrumento principal da brincadeira é o cachorro bull terrier Sparky de cinco anos. O cachorro costuma dormir de barriga para cima e com as patas levantadas, e foi o que levou o dono Silvio a colocar vários patinhos de borracha em cima de Sparky, para ver se mesmo dormindo ele conseguiria os equilibrar, ou se iria se mexer e derrubá-los.

Foto: Silvio Salvan / SWN
Foto: Silvio Salvan / SWN

Ao todo, foram colocados oito patos de borracha em cima do Sparky. Uma experiência dessas, é claro, não poderia ser realizada sem antes ter sido registrada pelo dono, que foi o que causou a repercussão da brincadeira.

Estamos curiosos mesmo é pelo resultado, não é? Ponto para quem disse que Sparky não acordaria e permaneceria imóvel mesmo sendo uma banheira móvel cheia de patinhos.

Foto: Silvio Salvan / SWN
Foto: Silvio Salvan / SWN

“Ele dorme e ronca muito, pensei em fazer essa brincadeira para ver se Sparky continuava dormindo imóvel. Isso me fez rir muito, porque nada aconteceu”, disse Silvio.

Veja o vídeo:

Parece que alguém aqui realmente tem um sono bem profundo, hein?!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários