Funcionários se revezaram para cuidar de cão que aguardou dono internado em hospital de Cachoeiro (ES); vídeo

em Notícias

A lealdade de um cãozinho para com seu dono sensibilizou os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, que se empenharam ao máximo para ajudar o animal.

Spike ficou na porta do hospital por dias esperando seu tutor, um idoso de 64 anos, que precisou ser internado pois estava com má circulação. O animal chegou em 30 de outubro de 2019 no local.

Uma série de fotos compartilhadas na página da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro no Facebook viralizaram entre os internautas.

De acordo com a instituição, o cãozinho "fez questão" de acompanhar o dono e que os funcionários, sensibilizados, se empenharam para que os dois ficassem juntos por mais um tempo.

Nos dias em que ficou esperando, Spike recebeu muito carinho, foi alimentado e até ganhou uma visita ao pet shop. Os funcionários da Santa Casa se revezaram para cuidar dele, mas a intenção era levá-lo de volta para casa.

Todos foram uníssonos em dizer que o cão é "muito dócil e adora brincar".

O Amo Meu Pet entrou em contato com a instituição e aguarda maiores informações sobre o cachorrinho e o estado clínico do dono.

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.