Adolescente de 14 anos cria rifa para poder alimentar e castrar gatos abandonados em região de Maceió

Com apenas 14 anos, o Jonathan tem se empenhado intensamente para cuidar dos gatos. A ajuda do jovem é tudo o que os felinos têm.

Muitas pessoas deixam de ajudar ou de ter iniciativas que possam contribuir com ações em prol dos animais, por pensarem que não possuem o suficiente ou não podem fazer muito por eles. A verdade, porém, é que uma única iniciativa, por pequena que pareça, é capaz de alcançar muitas pessoas e formar uma corrente de solidariedade.

Com apenas 14 anos, Jonathan Ryan de Lima Barbosa teve uma atitude louvável, que não só tem contribuído para ajudar a mudar a vida de vários gatos abandonados, como tem movido várias pessoas a contribuírem com o propósito.

Foto: Instagram / jonathanryan22
Foto: Instagram / jonathanryan22

Tudo começou quando Jonathan, que vive em Maceió, estava indo para a escola e percebeu a presença de quatro gatos vivendo em um cemitério local. Preocupado, ele passou a alimentá-los diariamente, mas em pouco tempo o número de gatos dobrou e eles estavam se reproduzindo rapidamente, o que o preocupou.

Foto: Instagram / jonathanryan22
Foto: Instagram / jonathanryan22

A partir desse momento, Jonathan teve a ideia de criar uma rifa no valor de R$ 5 para pagar a castração dos felinos. A notícia se espalhou rapidamente pela cidade e muitas pessoas passaram a contribuir com a causa.

Foto: Instagram / jonathanryan22
Foto: Instagram / jonathanryan22

“Graças a Deus estou conseguindo vender as rifas, não é muito, mais estou vendendo. Já ganhei 2 castrações grátis na clínica Mister Dog. Uma mulher se comprometeu a dar 3 castrações e uma outra se comprometeu a pagar no cartão [a castração de] mais duas fêmeas. Só que são muitas fêmeas, temos que continuar vendendo rifas”, disse.

Além das castrações, estão sendo doadas rações em grande quantidade, que garantirão a refeição desse mês dos felinos.

Foto: Instagram / jonathanryan22
Foto: Instagram / jonathanryan22

A rifa, que tem como prêmios um liquidificador e um ferro elétrico que já foram comprados pelo jovem, arrecadou até o momento o valor de R$ 320, mas aconteceu um imprevisto e parte do valor já foi utilizado. “Infelizmente apareceu um gato envenenado e eu tentei salvar a vida dele, gastei R$ 180. O resto, que ficou na clínica, acho que vai dar para uma castração.”

É emocionante ver o empenho de Jonathan em cuidar esses gatinhos que, até então, só contavam com a própria sorte. Se você quiser acompanhar a história desses felinos e saber mais informações sobre a causa, pode entrar em contato pelo Instagram do jovem (jonathanryan22), pelo WhatsApp (82) 98157-3655) ou contribuir diretamente pelo link da vaquinha virtual (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-mimoso-jonathan-ryan-de-lima-barbosa). Vamos ajudar a fazer o bem? Toda contribuição é bem-vinda e os gatinhos agradecem.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários