Cachorro corgi se aposenta após atuar brilhantes 7 anos como cão policial na Rússia

Por
em Notícias
Mesmo com porte abaixo dos demais cães policiais, o cão da raça corgi fez um excelente trabalho e contribuiu efetivamente à força policial da Rússia.

Quantas vezes você já ouviu a frase ‘tamanho não é documento’? Penso que muitas. Utilizada de forma generalizada sobre pessoas de baixa estatura, essa frase nunca se aplicou tão bem como no caso desse corajoso cão corgi.

Fora do padrão e fazendo parte de uma estatística mínima, o cachorro de patas curtas, chamado Redhead, agregou por sete anos as suas habilidades à corporação da polícia da Rússia.

Redhead, de nove anos, passou a maior parte da sua vida contribuindo com a segurança social através dos seus serviços como cão policial, mas agora chegou a hora de se aposentar.

Embora seja comum que cães de grande porte integrem a corporação, como pastores alemães, o cão da raça corgi contribuiu muito na resolução das operações, especialmente pelas suas habilidades olfativas.

Habilidade essa, inclusive, que fez com que a sua dona, Olga Chumarova, que é treinadora de cães policiais, percebesse o seu talento para a função. Além disso, o seu tamanho pequeno, que parecia uma desvantagem, foi o que o ajudou a detectar melhor objetos próximos ao solo.

Depois de cumprir à altura a sua missão, detectar muitos criminosos nas estações de trem e pontos de ônibus, agora o corajoso cão policial descansará. Com o distintivo aposentado, ele poderá desfrutar da sua fofura por aí, sem compromissos policiais - se bem que isso faz parte dele.

E agora? Como será a rotina de um cão policial aposentado? Bem, se você quiser saber mais sobre ele, pode acompanhar o seu Instagram: corgi_police_dog.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com