Mulher reencontra chimpanzés que cuidou há mais de 25 anos e é recebida com sorrisos e abraços

A voluntária ajudou a libertar os chimpanzés que viviam trancados em jaulas, e tamanha ajuda, não foi esquecida pelos animais.

Os animais são seres realmente incríveis, mas histórias como essa, nos fazem refletir sobre o devido valor com que eles merecem ser tratados. Depois de anos sendo usados como cobaias para uma vacina, gorilas foram descartados dos testes e poderiam, enfim, viver em liberdade. Eles foram transferidos para um santuário no sul da Flórida, Estados Unidos.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

Considerando que muitos deles viveram trancados em um cubículo de metal desde que eram filhotes, essa seria uma jornada completamente nova e poderia ser até mesmo assustadora.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

Quando tinha 23 anos, Linda Koebner era uma estudante de pós-graduação e foi convidada para ajudá-los a sair das gaiolas e conhecer a sua nova vida em liberdade. “Eles estavam com medo de sair da segurança de sua gaiola de transferência. Eles apenas se amontoaram nas portas e não saíram”, relembra.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

O trabalho de Linda foi fundamental para ajudá-los a se adaptar à nova realidade e tudo isso com muito carinho para deixá-los o mais confortável possível. No total, Linda esteve no local por quatro anos. Por fim, os chimpanzés se estabeleceram felizes em sua nova casa localizada em uma linda ilha.

Mas depois de 25 anos, Linda decidiu retornar ao local para visitar seus velhos amigos e, a pergunta que não quer calar, será que eles lembrariam dela? Os chimpanzés tiveram uma reação surpreendente.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

Antes mesmo de descer do barco que a levava até o local, um dos chimpanzés já a esperava ao lado do cais curioso com a visita.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

Assim que o barco alcançou à terra, o rosto da chimpanzé Swing se abriu em um sorriso enorme e ela estendeu a mão para Linda. Ficou claro que Swing ainda se lembrava dela, o que deixou Linda emocionada, sem conseguir conter as lágrimas.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

Logo, outros chimpanzés se aproximaram carinhosamente, afirmando dessa maneira, que também se lembravam da sua amiga. Um deles até mesmo abraçou Linda, enquanto outros dois fizeram barulho como se estivessem chorando.

Foto: Reprodução Youtube /  argofilms
Foto: Reprodução Youtube / argofilms

Você pode ver a emoção em seus rostos, e eles se lembravam claramente da mulher que os resgatou e passou tanto tempo se certificando de que tudo ficaria bem.

Um encontro realmente emocionante. Veja o vídeo:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários