Cães vão a pomar ajudar donos colher frutas, não conseguem se segurar e fotos viralizam

No início deste mês, os donos de Kelly, uma cadela border collie, e Keira, da raça pastor australiano, decidiram levá-las para uma fazenda na zona rural de Taiwan para que pudessem descansar e aproveitar o fim de semana.

Certo dia, seus donos foram até o pomar colher pitaias (ou fruta-dragão) e pediram ajuda à dupla de cachorrinhas e os demais cães da propriedade.

Elas bem que tentaram se comportar e auxiliar os pais, só que a tentação foi grande demais para suportar! Em questão de poucos minutos, seus focinhos estavam cobertos de corante vermelho.

Ao invés de dar sermão nas cadelas, seus donos pegaram uma câmera e começaram a filmar o momento hilário. Um vídeo foi compartilhado na internet e viralizou mundo afora, levando alegria para milhares de pessoas.

“Kelly tem 5 anos e é super inteligente. Ela também é divertida, enérgica, brincalhona, amorosa e sempre quer fazer todos felizes. Ela pode fazer muitos truques sob comando e sabe o nome de todos os seus brinquedos ”, disse sua dona, que não quis ter o nome revelado.

“Já Keira é uma cadela da raça pastor australiano de 6 meses, então ela também é muito brincalhona e enérgica com um coração inocente e confiante. Ela acredita que todos e todos os cães a amam assim como nós”, continuou.

As duas irmãs se dão tão bem que poderíamos facilmente pensar que são da mesma ninhada. “Elas são inseparáveis ​​e sempre fazem tudo juntas.”

Keira veio da Austrália, enquanto Kelly nasceu em Taiwan, terra dos seus tutores. Desde que se conheceram, nunca mais largaram a companhia uma da outra.

A fazenda dos donos das cachorrinhas tem cerca de 10 hectares e é recheada de frutas, tais como bananas, goiabas, nêsperas e mamões. Há espaço de sobra para elas brincarem.

“É muito fácil para os cães colherem as pitaias das árvores porque essas frutas crescem em cactos, convenientemente penduradas”, disse sua dona.

No entanto, não se engane: elas não são de criar confusão ou fazer bagunça. Kelly, por exemplo, é uma cadela de terapia certificada e ajudou muitos idosos e crianças hospitalizadas.

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.