5 cidades que mais respeitam o bem-estar de animais de estimação

Por
em Notícias
Algumas cidades se tornaram conhecidas pelo cuidado prestado aos animais e pelas ações efetivas de combate a maus-tratos. Muito interessante, né?

Em alguns locais as leis de punição para casos de maus-tratos são mais rígidas e, consequentemente, os números de animais vitimizados são mais baixos. Vamos conhecer algumas dessas cidades?

1. São Francisco (Estados Unidos)

São Francisco tem pouco mais de 120.000 cães, que desfrutam de praias dedicadas apenas a eles, de caminhos ecológicos que mostram o cuidado dos seus donos e dezenas de outras atividades que a tornam um verdadeiro paraíso. Além disso, a cidade norte-americana se destaca no país pela proteção estendida aos animais. A revista Forbes revelou que a cada dois cidadãos americanos, um possui cachorro ou um gato.

2. Paris (França)

A população animal na capital da França é muito grande: 8 milhões de cães. Naturalmente, a cidade dispõe de muitos serviços voltados para animais, como parques e centros comerciais. Eles também são aceitos em muitos restaurantes.

3. Amsterdam (Holanda)

Na última década tem sido considerada um paraíso para os cães, devido aos novos serviços que dispõe para o seu desenvolvimento físico e à proliferação de centros médicos especializados. A capital holandesa, assim como Paris também aceita os animais em grande parte dos seus restaurantes.

4. Berlim (Alemanha)

A Alemanha é conhecida por ter os melhores serviços de hospedagem para animais de estimação. Na cidade os cães são considerados praticamente um cidadão comum, sendo permitidos até mesmo a andar nos transportes públicos, desde que estejam acompanhados de um humano. Berlim possui, ainda, tecnologia de ponta para comunicar os donos com babás de animais e dezenas de plataformas voltadas para adoção de cães sem-teto.

5. Bruxelas (Bélgica)

Na cidade, os cães também são aceitos nos transportes públicos, desde que atendam alguns requisitos simples e razoáveis. Além dos transportes, eles também podem frequentar parques, lojas e locais de interesse, como museus, onde não há proibições da circulação de animais.

Muito bacana, mas, será que um dia alguma cidade do Brasil estará nessa lista? Esperamos que sim e que isso não demore para acontecer!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com