Conheça Juju, a cadela que dorme ao ouvir 'Se essa rua fosse minha' cantada por dono morador de rua

Por
em Notícias

Ao ver um cachorro na companhia de um morador de rua, a maioria das pessoas pensa que o cãozinho passa por dificuldades e tem uma vida difícil. Embora isso possa ser uma realidade em grande parte dos casos, nem sempre é o que acontece, como no caso da cadelinha Juju.

Ainda filhote, Juju foi acolhida junto dos seus irmãos pelo morador de rua da cidade do Rio de Janeiro chamado Jader. Mesmo vivendo pelas ruas, Jader conseguiu lar para todos os filhotes, exceto para Juju, cujo filhote ele optou em adotar.

Foram muitas as dificuldades enfrentadas pela dupla, variando das fortes chuvas ao calor excessivo registrados na cidade. Em um desses dias quentes, Jade Carvalho, que trabalhava no pet shop Bicho Fofucho, localizado no bairro Lapa, observou a filhote ofegante na carrocinha do dono e pediu ao chefe se poderia dar um banho na cadela a fim de refrescá-la das altas temperaturas.

A permissão do chefe deu início a uma relação que se mantém até hoje, quatro anos depois. Água, alimento, banho, refresco e carinho foram alguns benefícios que Juju passou a ter acesso desde que conheceu Jade. Atualmente, Jade trabalha em outro pet shop localizado em um bairro mais distante, mas o estabelecimento que recebeu Juju ainda filhote continua fornecendo todos os tratamentos exclusivos que essa princesa merece.

Além de ser muito bem cuidada e mimada, Juju é muito esperta e foi treinada desde pequenina pelo dono a fazer alguns truques e até mesmo a encenar. Juju popular, como ficou conhecida no Instagram, aparece em vários vídeos feitos por pessoas que ficaram encantadas ao verem tamanha esperteza.

Nas imagens, é possível ver o dono cantando uma música que ele afirma "fazer Juju dormir". Como afirmado, nos primeiros segundos da canção 'Se essa rua fosse minha', Juju deita no peito de Jader, simulando uma profunda soneca. Muito fofa!

Assista os vídeos:

E se você está se perguntando como é a rotina de cuidados com a Juju, fique tranquilo, pois assim como o seu dono Jader, ela é muito conhecida e querida por toda a comunidade.

Uma das clientes do pet shop em que Jade trabalhava, chamada Vera, conheceu Juju ainda filhote e também se apaixonou pela mascote ao ponto de oferecer poso e almoço - autorizados pelo dono - à ela todos os dias desde então. No entanto, Juju permanece sob os cuidados de Jader durante o dia.

“Todos os dias a Juju dorme na casa da Vera, lá ela dorme na cama, tem todo o conforto. Durante o dia fica com o dono. Todas as manhãs a Juju acorda e tem o horário certinho de ir encontrar o dono para passar o dia. A Juju também tem horário de almoço, então a Vera busca, ela almoça, descansa um pouquinho e volta para o dono”, relata Jade em entrevista exclusiva ao Amo Meu Pet.

Apesar do vínculo criado entre Vera, Jade, o dono e a protagonista dessa relação, Jader é muito cauteloso e evita que Juju ande com estranhos.

“Ela não sai com qualquer pessoa, ele - Jader - não deixa. As únicas pessoas que saem com a Juju sou eu ou a Vera. Já tentaram pegar a Juju quando ela ainda era filhote, mas ele não deixou. Ela usa uma plaquinha de identificação com o meu contato e o da Vera caso aconteça algo, mas é muito difícil porque ela é muito conhecida”, explica Jade.

Jade também criou um Instagram para Juju, em que ela abastece com fotos e informações sobre a rotina da cadela mais popular do Rio de Janeiro. Se você quiser acompanhar um pouco mais da vida da Juju pode acessar a sua conta e segui-la clicando aqui.

Castrada e vacinada, Juju também tem acesso a todos os medicamentos necessários contra pulga, carrapatos e doenças. E o mais importante de tudo é o amor incondicional que ela tem de todas essas pessoas, que eu tenho certeza, é recíproco.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com