Dono que salvou cachorro da boca de crocodilo na Flórida informa sobre estado do cão

Por
em Notícias

As informações do caso do homem que lutou contra um crocodilo para salvar a vida do seu cachorro que estava sendo abocanhado pelo réptil foram atualizadas. A cena foi registrada no fim do mês de outubro, quando Richard Wilbanks passeava com o seu cachorro Gunner em um lago próximo a sua casa, localizada em Estero, Flórida (EUA).

Segundo o USA Today, na ocasião, Richard foi surpreendido pelo crocodilo que saltou e capturou o cão, o arrastando para a água. Sem hesitar, Richard pulou na água e com muito esforço conseguiu abrir a boca do crocodilo com as próprias mãos para libertar Gunner, que mesmo ferido, saiu correndo.

“Era como um míssil”, disse Richard, relembrando o incidente. “Estávamos apenas a cerca de 3 metros de distância, mas pegou meu cachorrinho como uma cobra. Gunner ficou preso e eu simplesmente entrei correndo”, relata.

Cheios de sangue, os dois retornaram para casa e em seguida foram até um hospital veterinário. Lá, foi identificada uma perfuração no pequeno Gunner. A família estava preocupada com qualquer ferimento interno, mas os raios-X mostraram apenas um pouco de água nos pulmões. O cachorro ficou no hospital por alguns dias para se recuperar. Felizmente, sem risco de vida.

Depois de alguns dias em observação, Gunner ganhou alta e já recuperado, pôde voltar aos passeios, mas dessa vez, com o uso de coleira. “Uma nova coleira na vida”, disse Richard.

Apesar do susto, o dono de Gunner afirma que adora viver próximo à natureza selvagem, até mesmo do feroz crocodilo. “É maravilhoso poder compartilhar nossas vidas com a vida selvagem. Ele ainda está nadando lá”, disse Richard, que alega já ter visto até mesmo veados, perus, linces e uma pantera perto de sua casa.

A região em que a família vive é um terreno pantanoso em que abundam plantas aquáticas, próximo a rios, lagos e, consequentemente, a vida selvagem. O vídeo em que mostra a cena angustiante de Richard Wilbanks lutando para libertar o seu cãozinho Gunner foi capturado pela Florida Wildlife Federation que colocou câmeras para rastrear a vida selvagem na área.

“Os proprietários que vivem dentro e ao redor da natureza devem entender o valor da vida selvagem ao seu redor. Embora este vídeo tenha sido chocante e eu esteja feliz que todos estejam bem, estou feliz por ser uma oportunidade de aprendizado sobre a importância de respeitar a vida selvagem e tomar precauções para garantir que isso não aconteça com mais ninguém”, disse Meredith Budd, representante da FWF no sudoeste da Flórida.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Últimas histórias