Golden retriever não consegue decidir se pantufas da mamãe são cães reais ou impostores

Por
em Notícias

Há alguns dias, o vídeo de uma cadelinha da raça golden retriever extremamente intrigada com um par de chinelos em forma de cachorro viralizou nas redes sociais.

Segundo o portal de notícias Daily Mail, a dona de Molly, Eva Chow, disse que a pequena estava bastante confusa com tudo aquilo. ‘Como assim um chinelo que é cachorro?’. Impossível, gente!

Eva ainda brincou com Molly, movendo o sapato como se eles estivessem vivos e indo em direção à Golden.

'Molly estava muito confusa tentando descobrir se os chinelos eram ou não um amigo.’, disse ela.
'Acho que eventualmente ela percebeu que eles não eram reais e começou a debater se ela conseguiria ou não mastigá-los.', acrescentou Eva.

O vídeo viralizou e circulou por toda a internet, sendo compartilhado milhares de vezes na própria página do Instagram de Molly, que possui quase 43 mil seguidores.

Foram mais de 220 mil curtidas de fãs que se apaixonaram pelo cão curioso.

‘Oh meu Deus, incrível. Eu acho que você deveria roer aqueles impostores!’, um usuário comentou.
Já outro escreveu: 'Faça uma investigação completa, Molly.'
Outro acrescentou: 'Essa é a coisa mais fofa que vi hoje.'

Assista ao vídeo abaixo:

Ursos de pelúcia

Os ursinhos de pelúcia são muito semelhantes aos animais. Eles têm olhos, cabeças, corpos e pelos, tudo o que atraem os cães para suas presas. Seu cão pode estar brincando, mas seus instintos naturais entram em ação e ele está fingindo morder sua presa. Esse comportamento costuma ser surpreendente para pais de estimação que são pegos desprevenidos. Alguns donos acham que o comportamento é fofo, já que seu cachorro acha que ele é tão corajoso para morder seu ursinho de pelúcia.

Enquanto seu cão estiver expressando esse comportamento de forma divertida, não há nada com que se preocupar. No entanto, se seu cachorro está sendo agressivo regularmente sem motivo e atacando mais do que seus brinquedos de pelúcia, você precisa discutir o problema com um veterinário para descartar doenças físicas e levá-lo a um adestrador.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.