Logomarca Amo meu PET

Cadela spitz finlandês tem o estranho hábito de curvar o pescoço para ficar de olho na mamãe

Por
em Notícias

Além de ajudar a dona a enfrentar com mais leveza a pandemia do coronavírus, a cadelinha Kiko, da raça spitz finlandês, adotada ainda filhotinha, tem uma habilidade singular: virar a cabeça 180 graus.

Atualmente com nove meses, Kiko vive na Nova Zelândia, com a dona Ashleigh Macpherson e seus dois irmãos caninos, mas o hábito de curvar o pescoço para observar seus irmãos e a sua dona começaram desde que ela chegou no novo lar.

Inicialmente, a dona estranhou a estranha mania, mas atualmente sabe que ela age assim para dormir, enquanto está acordada e principalmente para ficar de olho no que ela está fazendo.

“Quando a vi inclinar a cabeça para trás para olhar para mim, fiquei bastante surpresa, mas, ao mesmo tempo, achei fofo”, disse Macpherson ao The Dodo. “Eu pensei, 'Ela deve realmente querer manter seu foco em mim. E que ela deve me amar tanto que não quer tirar os olhos de mim’”.

Embora à primeira vista a cena de Kiko curvando o pescoço pode lembrar a clássica cena do filme ‘O Exorcista’, para a dona, o gesto apenas representa a preocupação e o carinho que Kiko sente por ela. É só a maneira dela demonstrar o seu amor!

“Ela é extremamente doce e amorosa. Ela adora abraços e sempre quer estar ao meu lado. Ela tirou minha mente de todas as notícias e informações preocupantes que estavam em toda a mídia. Sinto que é por isso que nosso vínculo é tão forte, já que ela estava realmente lá para mim durante aqueles tempos difíceis”, declarou Macpherson.

Veja o vídeo:

Fotos dos pets

A fotografia é a maneira mais linda de se guardar momentos da vida. E hoje em dia com a facilidade dos smartphones, cada experiência é um click. O tempo de vida dos nossos amigos peludos é curta, mas os momentos felizes que passamos com eles são eternos. Registrar esses momentos é deixar boas lembranças para recordarmos desses pequenos seres que nos fazem tão bem. Se as fotos ficam boas ou não, se o pet faz pose ou não, não deixe de ter essas lembranças. Aproveite cada minuto com o seu bichinho!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com