Mulher pede para fotógrafo inserir imagem do seu gatinho recém-falecido em suas fotos de gestante

Por
em Notícias

Alguns dias antes da realização da sessão de fotos da reta final da sua gestação, Camila Adrieli, que vive em Araraquara, São Paulo, acabou perdendo o seu gatinho chamado Dexter.

Como o felino era considerado o filho primogênito por Camila e seu esposo, ele iria participar do ensaio fotográfico, mas isso não foi possível, pois ele acabou falecendo seis dias antes da sessão acontecer.

Como consolo, Camila pediu ao fotógrafo, que se chama João Vitor Polinario, para incluir Dexter em algumas imagens através da edição das fotos, cujo pedido foi prontamente atendido pelo profissional.

O resultado, como Camila contou por meio da sua rede social no grupo Coisa de Gato do Facebook, a deixou profundamente emocionada, afinal, de alguma maneira o Dexter estava presente em um momento tão especial e memorável.

“Meu gatinho Dexter morreu 6 dias antes do meu ensaio de gestante, ele iria participar, pois, era nosso filho mais velho e não iria deixar ele de fora. Pedi para meu fotógrafo colocar se possível ele na foto, o que acharam? Até chorei, pois meu gatinho era o xodó da casa! Pra sempre em meu coração meu jovem Dexter”, escreveu Camila na legenda da publicação.

A publicação foi feita no dia 14 de janeiro e obteve mais de 3,8 mil curtidas e mais de 150 compartilhamentos, além de muitos comentários carinhosos para a futura mamãe. Algumas pessoas, inclusive, a incentivaram a adotar outro gatinho. Não que isso possa substitui-lo, mas certamente trará mais alegrias para a casa, né?

Luto por um animal de estimação

Infelizmente o tempo de vida dos animais é muito curto. Gostaríamos que eles vivessem por toda a nossa vida juntos, mas não é possível e o breve período que eles passam conosco deixam muitas marcas e sentimentos, então é mais que normal chorarmos o luto por um animal de estimação.

Não se sinta envergonhado por esses sentimentos, afinal você e o seu pet viveram muitos momentos juntos, compartilharam de muitas alegrias e quantas tristezas você não desabafou com ele. Sinta-se a vontade para viver o luto o tempo necessário e, quem sabe, depois, você adota um novo amigo peludo. Ele não substituirá o seu velho amigo, mas com certeza vocês formarão novas lembranças juntos.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com