Delegado Matheus Laiola ajuda no resgate de animais silvestres vendidos indevidamente no RJ

Por
em Notícias

O crime de maus-tratos é uma realidade que atinge, infelizmente, além de cães e gatos, muitos animais silvestres no Brasil. A falta de punição para criminosos que praticam esse tipo de ato, dificulta a solução do problema e foi exatamente isso que o delegado Matheus Laiola abordou ao falar de um caso de resgate.

No dia 7 deste mês, Laiola juntamente com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o ativista da causa animal, Randel Silva e o investigador Cassio Silva, resgataram dezenas de animais, muitos de espécies silvestres em uma feira ocorrida em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Os animais, que se encontravam em situações degradantes, eram vendidos em uma feira que ocorria de dia e era aberta ao público. O delegado Matheus Laiola disse em suas redes sociais que compareceu no local vestindo roupas informais para que os envolvidos não suspeitassem da ação policial.

Mesmo com a ação da polícia em flagrante, em que muitos suspeitos foram levados para a Delegacia do Meio Ambiente, ninguém foi preso. Segundo Laiola, eles são ouvidos e liberados “por causa da lei branda”.

Entre os animais resgatados, havia dois filhotes de cachorro que estavam com as orelhas amarradas em vertical por uma tala, com o propósito de deixá-las ‘esteticamente bonitas’.

“Apreendemos também muitos animais silvestres, e traficantes de animais foram levados para a Delegacia do Meio Ambiente (eles são ouvidos e liberados - por causa da lei branda). Nesta feira, os animais silvestres são explorados e vendidos de maneira criminosa por bandidos que se valem de leis brandas e praticam esses crimes em plena luz do dia. Diferentemente da Lei Sansão - que prevê cadeia para quem maltrata cães e gatos, o tráfico de animais silvestres no Brasil é um crime que não deixa o criminoso preso - é considerado de menor potencial ofensivo”, descreveu Laiola sobre o episódio em suas redes sociais, que mais uma vez, gerou comoção do grande público. “Temos que buscar conhecimento para melhorarmos cada vez mais. Pra cima, sempre!!!”, concluiu o delegado.

Vídeo: Animais silvestres

Quando falamos de animais silvestres, estamos falando de animais que não são domésticos. Os domésticos estão habituados com a presença humana, como os cães, gatos, hamsters, bois, vacas e entre outros. Já os silvestres são aqueles criados na natureza sem a interação humana e,, quando são tirados do seu habitat natural, reagem à presença do ser humano, como as araras, capivaras, jacarés, leões, focas, elefantes, onças e o jabuti.

O biólogo Sérgio Rangel, no seu canal do YouTube Naturalizando Com Sergio Rangel, fala um pouco sobre o animal silvestre jabuti. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com