Cervo aparece todos os dias em quintal para visitar sua amiga gata

Por
em Notícias

Uma gatinha que vive em um lar temporário no Tennessee, nos Estados Unidos, fez amizade com um cervo que a visita a cada dia.

A gata Lulu foi resgatada de um caso de acumulação de animais pelo abrigo Orphans of the Storm, da mesma cidade.

Ela não tinha nenhum histórico de dono e, isso, somado ao seu comportamento retraído, fez com que os voluntários presumissem que ela nunca teve um lar de verdade.

Depois do resgate, Lulu foi acolhida pela voluntária Jennifer Burke, que não mediu esforços para que ela se sentisse à vontade em sua casa, mesmo que isso fosse temporário.

“Estamos gastando nosso tempo com ela para socializá-la adequadamente e mostrar que os humanos podem ser gentis e amorosos... Com o tempo, ela aprendeu a realmente gostar de ser acariciada e escovada. Ela até gosta que esfreguem a barriga dela! Ela é incrivelmente doce e foi muito divertido vê-la começar a florescer”, informou Jennifer ao The Dodo.

Logo que chegou na casa de Jennifer, Lulu dividiu o quarto de ‘hóspedes’ com outro gatinho chamado Felix e os dois se deram muito bem. Em pouco tempo, porém, Felix foi adotado e deixou Lulu sem nenhum amigo animal, bem, mas isso também durou pouco.

Aproximadamente um mês depois da chegada de Lulu ao seu lar temporário, um cervo apareceu no quintal, e o que chamou a atenção não foi a sua aparição, mas sim a frequência com que ele passou a visitar o local. Jennifer então decidiu nomeá-lo de Dolly.

“Eu notei Dolly do lado de fora e percebi que ela estava à vista de nosso quarto, que fica em nosso porão. Então, desci correndo para ver se Lulu estava olhando pela janela. Temos uma árvore de gato colocada na frente da janela e Lulu estava no topo observando Dolly. E Dolly estava assistindo Lulu!”, revelou a voluntária.

Segundo Jennifer, é comum a presença de veados na região, mas esse cervo, em especial, criou um vínculo com Lulu e passou a aparecer diariamente no quintal, exatamente em frente a janela do quarto da Lulu. A curiosidade entre os dois era realmente adorável e Dolly acabou se tornando um amigo muito próximo de Lulu, mesmo separados pelo vidro.

“Lulu estava muito curiosa sobre Dolly. Ela não parecia nem um pouco assustada. Inicialmente, Dolly observava Lulu à distância. Mas não demorou muito para que Dolly fosse até a janela e mastigasse os galhos ao lado da casa. Lulu ficou um pouco hesitante na primeira vez que Dolly chegou tão perto. Mas, agora, isso não a incomoda nem um pouco. Ela até adormeceu no poleiro enquanto Dolly está na janela”, contou Jennifer.

Definitivamente Lulu não está mais sozinha e, enquanto recebe todos os cuidados necessários em seu lar temporário, ainda é agraciada com as visitas do seu amigo Dolly.

“Mesmo que ela não esteja perto da janela de Lulu, o cervo parece procurando por Lulu, olhando em sua direção com frequência”, disse.

Mesmo amando Lulu, Jennifer torce para que a felina encontre um lar definitivo e que esse novo lar tenha alguns cervos pela vizinhança.

“Lulu realmente merece uma pessoa incrível para sempre que será paciente e dará a Lulu o tempo necessário para se sentir segura para que ela possa ser amada plenamente e mimada. Mas esse lar adotivo pode precisar de alguns vizinhos cervos!”, concluiu Jennifer.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com