Cachorro idoso, cego e amputado é adotado após viver longos 10 anos em abrigo

Por
em Cães

Um cachorro idoso, cego e amputado passou 10 anos de sua vida no abrigo Parque Pinheirinho em Araraquara, São Paulo.

Desacreditado de uma possível adoção, em junho deste ano recebeu a chance de ter um lar amoroso ao lado de sua nova tutora, Danila Molinari.

Uma oportunidade é tudo que um animal idoso precisa. E Estabanado, como era chamado pelos voluntários, que depois foi chamado Tofu, teve essa chance recebida, graças ao coração generoso da adestradora Danila.

Tofu foi vítima de maus-tratos, e desde que foi resgatado passou a viver no abrigo da prefeitura.

O vira-latinha de porte médio, chegou adulto no local, e por conta do seu perfil não se encaixar com os critérios de adoção da maioria das pessoas, passou dez anos no abrigo, à espera de um lar.

Os anos foram passando e junto as dificuldades da velhice foram chegando. O peludo ficou cego e precisou amputar uma de suas patas devido a um tumor. Com a idade avançada (acredita-se que ele tenha 14 anos), a esperança de adoção tornaram-se mínimas.

Os voluntários descrentes com o futuro do cão, foram surpreendidos com uma mensagem: "Qual o cachorro mais velho para adoção?". Pensa na alegria da equipe!

Danila, a autora da mensagem, sempre teve o sonho de adotar um cachorro deficiente, idoso ou surdo e não imaginava que quando perguntasse qual o cão mais velho do local, viria o 'pacote completo'. O começo de uma nova história!

A mulher e o marido iniciaram os preparativos para receber o cão que chegaria em um mês em seu novo lar, por conta da recuperação da cirurgia da amputação. E além de preparar os apetrechos, reservou um espaço separado dos seus outros cinco cães, para a fase de adaptação.

"Encomendei a plaquinha de identificação, compramos caminha, roupa, coleira, uma guia nova. Foi muita ansiedade, parecia que o tempo não passava", contou A Cidade ON.

O grande dia chegou e a alegria de receber o cão que sempre sonhou era imensa.

"Foi uma sensação indescritível, uma coisa mágica. Eu sabia que queria, mas não sabia que seria tão bom assim".

Não demorou para o amado Tofu se adaptar ao novo lar e com seus novos irmãos caninos.

"Ele é muito bonzinho, dormiu como um anjo, não está mais trombando nas coisas. Minha família está feliz, ele está feliz, é gratificante ver ele aqui. Agora ele tem uma família, não só uma casa, mas uma família mesmo. Queria agradecer a todos que cuidaram dele pra mim até hoje", diz.

Assim como adoção de Tofu, milhares de abrigos de animais torcem que o animal idoso residente encontre o seu lar para sempre. Mas, infelizmente, a adoção de cães mais velhos ou com algum tipo de deficiência é raro.

Se você está pensando em adotar dê a chance para um idosinho, permita que ele viva seus anos dourados em plenitude. A vantagem de adotar um velhinho é que você já sabe o porte e temperamento, além de serem tranquilos. E a gratidão deles para com seus donos é infinita.

Vídeo: Cachorro e gato pedem pizza pelo WHATSAPP e atendente se apaixona

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo