Criança que não queria vegetais começa a comer após ver que seu pit bull gosta

Por
em Cães

No dia 4 de julho, o tutor do cachorro da raça pit bull chamado Brick, compartilhou a doce cena de companheirismo da sua filha Amiyah com o peludinho da família.

A pequena não gosta de comer vegetais, mas com o incentivo do cãozinho, ousou experimentar os alimentos.

Sabemos que os cães são ótimos cúmplices das crianças nas brincadeiras, mas e na hora de se alimentar? Esse pit bull mostrou que não importa a situação, está sempre disposto a ajudar a sua 'irmã' humana, mesmo que tenha que comer coisas 'estranhas'.

A pequena Amiyah está na fase da descoberta dos alimentos e, como toda criança, ela tende a gostar da comida doce evitando a saudável. Dá para entender, né?

Mas como nem tudo é como queremos, os pais da criança há dias estão inserindo eu seu cardápio verduras e legumes, contudo a 'cara torta' sempre se manifesta na hora dizendo que não quer.

Desanimados com a falta de interesse da filha, encontraram no pit bul da família um aliado. Sem querer, descobriram que ao alimentar o cãozinho com a mesma comida do prato da pequena, Amiyah sente vontade de comer também.

"Nós temos tentado fazer Amiyah comer seus vegetais por tanto tempo e agora descobrimos que se dermos para Brick primeiro ela vai comê-los", escreveu na descrição do vídeo nas redes sociais.

O pai, empolgado com a evolução da filha, decidiu filmar o momento. E no vídeo é possível vê-lo alimentando primeiramente Brick com milho e ervilha e, em seguida, a filha, que aceita de bom grado. O detalhe é que o pai sempre troca as mãos na hora de alimentá-los. Que fofura!

A publicação obteve 1,8 milhão de visualizações, 390 mil reações e milhares de comentários elogiando a engenhosidade do pai.

"Problemas modernos requerem soluções modernas", brincou uma.
"Ahh... então esta é a arma secreta que uma professora de creche precisa!" gracejou outra.
"Melhores amigos para sempre", aplaudiu uma terceira.

Confira o momento:

Fica a dica para as mamães leitoras do Amo Meu Pet. Se você está inserindo uma nova alimentação no cardápio do seu filho e ele está rejeitando, acredito que essa ideia seja válida. E caso você decida praticar, deixe nos comentários qual foi o resultado, vamos adorar saber.

Veja também:

Vídeo: Contra o preconceito aos pit bulls: Conheça a pet influencer Zara

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo