Pato salvo de afogamento corre todos os dias para os braços do homem que o resgatou

Por
em Aqueça o coração

Steven Thibeault se deparou com uma cena alarmante no condomínio de apartamentos onde é gerente na cidade de Nahant, Massachusetts. A cena era um patinho filhote se afogando na piscina do apartamento.

Sem pensar duas vezes, o homem se aproximou e resgatou o filhote, mas infelizmente não conseguiu devolvê-lo a sua mãe. Steven sabia que não poderia deixá-lo desamparado e sozinho, por isso decidiu que iria cuidar do pato até que tivesse idade suficiente para viver em seu habitat natural.

Mas o que ele não sabia era que o animalzinho viria a decidir não sair mais de perto de quem o salvou e a partir daquele momento passou a voltar todo final de tarde para a casa de Steven, que posteriormente batizou o pato de Cheerio.

Desde então eles vivem como uma família, apesar de Cheerio também ter amigos da mesma espécie, ele prefere voltar para casa e descansar com meu “pai humano”.

O patinho tem uma rotina bem normal para um animal aquático, não manteve traumas e água e é totalmente livre para passear com outros patos e diversos animais, gosta de sair voar, nadar no oceano e fazer passeios com seus amigos, mas no final do dia ele sabe pra onde e pra quem voltar.

“Ele tem mais ou menos o meu horário, então enquanto vamos trabalhar, ele passa a maior parte do dia fora e depois do trabalho vamos para casa. Ele tem uma vida social, passa muito tempo com outros patos, o que me deixa feliz, mas no final ele me escolhe. Isso em algum momento pode mudar, mas depende dele ”, disse Steven em entrevista ao site Zoorprendente.

Steven sempre teve em mente a possibilidade de deixá-lo em seu habitat natural, mas até o momento Cheerio contrariou esse pensamento.

Para Steven, essa socialização com sua espécie é totalmente importante para que o pato se sinta livre, feliz e confortável, mesmo nunca indo longe demais e voltado todos os dias para seu salvador.

Todos os moradores do apartamento adoram ver a amizade e cumplicidade que ambos têm. E com o tempo Cheerio se tornou uma celebridade local.

“Ele se dá bem com outros patos, especialmente os machos. Ele é um pouco tímido quando se trata de fêmeas, mas espero que isso mude. Além disso, ele convive com outras espécies de patos e gansos, como patos selvagens e gansos que passam o inverno aqui em Nahant. Ele também faz amizade com gaivotas ”, contou Steven.

Além de seus amigos aquáticos, Cheerio tem uma linda amizade com Reeses, sua irmã felina e um cachorro da família.

E para quem quiser acompanhar mais essa família, Cheerio tem um perfil próprio no instagram que se chama Cheerio the duck. Eu já estou seguindo!

Podemos perceber que a educação que Steven deu a esse patinho foi ótima. E que linda amizade os dois construíram.

Veja também este vídeo:

1º JORNALZINHO DO AMO MEU PET | As histórias e notícias mais fofas da semana | Pépe Bonner

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.

Últimas notícias