Cachorro é resgatado no mar a 220 km da costa da Tailândia

Fonte: >G1

Um cachorrinho exausto foi encontrado nadando sem parar a quase 200 quilômetros da costa da Tailândia, no sudeste asiático.

Talvez, para ele, tudo estava perdido, mas uma equipe de homens que trabalhavam numa plataforma de perfuração de petróleo não tão distante dali, o avistou e o retirou do alto-mar.

Um dos funcionários da plataforma, Vitisak Payalaw, rapidamente pegou sua câmera e começou a capturar o que via.

De acordo com o post que publicou em seu perfil do Facebook, Payalaw viu a cabeça do cachorro, única parte de seu corpo que não estava submersa, e ele estava nadando em direção à plataforma. Felizmente, era uma tarde bastante calma e as ondas estavam pequenas, caso contrário, eles não teriam sido capazes de vê-lo.

Ao chamar o cachorro, ela nadou até o navio e se abrigou nas barras de metal do navio. Os trabalhadores conseguiram então segurar uma corda ao redor da cintura do cão e puxá-la para o convés.

Os trabalhadores bolaram um plano para retirá-lo do mar à medida em que as ondas ficavam cada vez maiores e a noite se aproximava. Eles finalmente decidiram amarrar uma corda em volta dele e puxá-lo para dentro da plataforma.

O cachorro estava a quase 200 quilômetros de distância da costa, tornando quase impossível qualquer possibilidade de sobrevivência a longo prazo.

De acordo com Payalaw, quando o cachorro se agarrou ao poste, ele não fez nenhum barulho e estava absolutamente exausto.

Os homens acham que o cachorro pode ter caído de um barco de pesca ou saltado de um navio onde pode ter sofrido de algum tipo de abuso.

O cãozinho foi seco e alimentado pelos rapazes da petrolífera, e se sente bem melhor agora.

Ele permaneceu na plataforma de perfuração por dois dias enquanto uma gaiola especial foi construída para trazê-lo de volta à superfície.

Ele foi levado para uma clínica veterinária em Songkhla, sul da Tailândia, onde foi submetido a testes para verificar se sua saúde está de alguma forma debilitada.

Um dos trabalhadores da plataforma petrolífera disse que gostaria de adotá-lo se o dono dele não for encontrado.

O cachorro recebeu o nome de Boonrod, que em tailandês significa “fazer uma doação espiritual para dar sorte no futuro”.

Esta história, de certa forma milagrosa, rapidamente repercutiu online, e apesar de muitas pessoas oferecerem ajuda financeira, Vitisak Payalaw declarou que não aceitará qualquer tipo de doação.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários