Gatas que deram à luz em datas aproximadas revezam cuidado com filhotes: 'Família feliz'

Por
em Gatos

No início de abril, uma usuário do site Reddit, com nome de @Lindseyh911 viralizou ao contar uma história muito fofa em um fórum de discussão e notícias.

A jovem, moradora de uma fazenda em Ohio, nos Estados Unidos, decidiu mostrar ao mundo cibernético uma amizade entre duas gatas fêmeas que deram à luz a ninhadas com poucos dias de diferença.

Mas o interessante não é a coincidência de datas, mas a maneira como ambas criam os filhotes. As gatas de nomes Clementine e Claude não fazem distinção de cor, ou quem é filhote de quem, as mamães felinas criam todos os bebês juntos e amamentam qualquer um.

A ninhada de Claude tem 2 semanas e a de Clementine 6 semanas, mas apesar do desenvolvimento ser diferente, as fêmeas adoram ajudar e apoiar a outra na hora de cuidar dos filhos.

A publicação de Lindsey obteve mais de 34 mil reações positivas e milhares de internautas que amaram conhecer a família de duas mães. De acordo com uma entrevista da tutora para o site Newsweek, a atitude das felinas impressionou todo mundo da fazenda..

"Nós não tínhamos ideia de que elas fariam isso. Cada ninhada tinha sua própria cama e Cloud levou as ninhadas no meio da noite em uma cama só. Desde então somos uma família feliz. Elas se revezam alimentando qualquer gatinho que esteja com fome e aconchegando os que estão cansados”, explicou Lindsey.

Segundo Sara Jane-White, uma especialista em comportamento animal, esse fenômeno é chamado de co-parentalidade. “A co-parentalidade foi observada em uma variedade de de diferentes espécies animais, incluindo leões, gorilas e golfinhos”, disse Sarah ao NewsWeek.

Da mesma forma que duas mães podem se juntar para cuidar dos filhotes, uma mãe pode rejeitá-los e outra gata adotá-los e criar como se fossem dela, vai depender do instinto de cada um.

A tutora afirmou que irá doar alguns, mas aqueles que não encontrarem um lar poderão viver na fazenda junto com a família. Muito fofo, né?

Você também vai gostar deste nosso vídeo:

O caso do cachorro que ama o iFood e mais no Jornalzinho Amo Meu Pet

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.