Mulher adota cadelinha idosa resgatada de estrada por motorista do Uber

Por
em Aqueça o coração

Lívia Sena é moradora de São Paulo, capital, e recentemente precisou chamar um Uber para levar seus filhos em uma consulta médica. Nessa viagem, ela conheceu o seu novo amor, uma cachorrinha que a nomeou - adivinhem como?! - Uber!

A mulher compartilhou o relato da adoção da peludinha em um grupo do Facebook na última segunda-feira, 27.

A paulistana tem dois filhos pequenos e um deles ficou doente, então precisou levá-lo em uma consulta.

Com bolsas dos bebês, carrinho, sacolas e, claro, os filhos, toda atrapalhada, como disse, entrou no carro do aplicativo.

"O motorista vendo a cena deve ter pensado: 'doida'. Entrei e fomos conversando", contou Lívia no post.

Na conversa, Lívia contou um pouco dos desafios de ser mãe e comentou que cuida de cães resgatados e o quão difícil é receber ajuda financeira para custeá-los.

Com esse assunto, o motorista falou sobre uma cachorrinha que havia resgatado e que estava em sua casa. Infelizmente, ele não tinha tempo (por causa do seu trabalho) nem espaço para cuidá-la.

A mulher também não poderia adotá-la, uma vez que hoje em dia já tem 13 cães sob sua responsabilidade. Mas deixá-la a mercê da sorte não era uma opção, então a acolheu.

No momento ela está toda judiada, mas não tenho dúvidas que com o tempo se tornará uma adorável cadelinha.

Veja:

Em entrevista ao Amo Meu Pet, Lívia contou que cuida de cães desde 2015. No início ela castrava, vacinava e depois colocava para adoção. Porém, por se frustrar com alguns adotantes e por ter mais cães idosos do que jovens, optou por cuidá-los, já que a adoção se torna mais difícil pela idade.

Como nenhum deles são apadrinhados, ela os mantém através de rifas, teve meses que consegui vender 3, mas atualmente leva o mês para vender uma. Uma verdadeira 'briga' para cuidá-los, mas ela 'luta' com muito amor para mantê-los consigo.

"Não tenho coragem de por nenhum para adoção por questão de apego e por estarem comigo há muitos anos".

Desde que saiu da casa dos seus pais, Lívia passou a ter animais e, quando conheceu o seu marido, fez questão de avisá-lo que não abriria mão de nenhum deles e, mesmo não concordando, ele respeitou.

Lívia afirma que não é protetora e, sim, uma apaixonada por animais e que não deseja resgatar mais nenhum, pois não teria condições de mantê-los, e os que têm ama e cuida muito bem.

"Não temos uma vida de luxo, amo cuidar dos meus filhos, amo cuidar dos meus cães, queria poder dar uma vida melhor para todos, mas faço tudo o que está dentro do meu limite e dou sempre meu melhor por eles", finalizou.

A publicação recebeu mais de 1,8 mil reações e dezenas de comentários elogiando a atitude de Lívia ao adotar Uber.

"Que Uber linda, parece ser idosinha já. Que traga muito amor e alegria para a família, parabéns pela atitude", comentou uma internauta.

E se você deseja conhecer o trabalho da Lívia nas redes sociais e ajudá-la de alguma forma, clique aqui.

Veja também este vídeo:

10 animais GIGANTES que surpreenderam a internet