Logomarca Amo meu PET

Cachorra em luto após perda de filhote adota ninhada abandonada por tutores: 'foi o destino'

Por
em Comportamento

Pierre é uma buldogue francês que perdeu o único filho ao qual deu à luz. A cadela ficou desolada quando não pode ter o bebê. Mas o destino a colocou novamente na missão de ser mãe, quando uma ninhada órfão apareceu.

De acordo com a tutora Nakita O'Hare, o veterinário de Pierre atendeu outra família que também tinha uma cadela da mesma raça e que também estava prestes a dar à luz. Mas nesse caso, precisou passar por uma cesária.

Quando a família ficou sabendo que os filhotes tinham o rabo longo, pediram para o veterinário fazer eutanásia, pois consideravam as aparências dos filhotes feias demais. Então, considerando que o médico iria atender o pedido, levaram somente a cadela e nunca mais voltaram na clínica.

Como o profissional sabia da perda de Pierre entrou em contato com Nakita, oferecendo a ninhada. Dessa forma os filhotes poderiam viver e também teriam uma família amorosa.

"Amor à primeira vista como eu sabia que seria. Ela adora ser mãe”, contou a tutora.

Pierre está muito feliz, ela não faz distinção entre filhos de sangue ou não. E também não se importa com o tamanho do rabo dos bebês. Para ela, eles são perfeitos e poder ser mãe é o que importa. 

Mesmo com a perda e com o luto, a buldogue não perdeu o instinto maternal, era como se soubesse que os bebês precisavam dela tanto quanto ela precisava preencher o vazio que ficou após perdeu seu único filhote. 

Pierre perdeu um filhote mas ganhou outros quatro que com certeza serão eternamente gratos e irão enxergar ela como a legítima mãe. Sabemos que a outra cadela não tem culpa da situação, mas sim dos tutores que optaram por se ‘desfazer’ da ninhada. 

Um vídeo de Pierre conhecendo e cuidando dos filhotes foi compartilhado no Tik Tok. A última cena da publicação é de derreter corações. A cadela aparece sorrindo enquanto amamenta os quatro cachorrinhos. 

A publicação obteve mais de 16 milhões de visualizações, 2 milhões de curtidas e mais de 7.900 comentários. 

“Eu nem terminei minha primeira xícara de café e você me deixou aqui sem fôlego”, disse uma internauta.
“Não só estou triste que eles pediram para colocar os filhotes para dormir, mas também por aquela mãe que teve seus bebês levados”, disse Ashley.
“Seu veterinário é incrível por isso, abençoados sejam esses filhotes sendo abandonados e seu bebê os aceitando, espero que estejam todos saudáveis”, acrescentou uma terceira pessoa. 

Mas por que Pierre teve somente um filhote enquanto a outra buldogue teve quatro? De acordo com o site Cão e Gato é tudo de bom, podem ser inúmeros fatores. Cadelas mais velhas têm problemas de ovulação, principalmente aquelas de porte pequeno que tendem a liberar menos óvulos, além disso o canal é estreito, os filhotes precisam ser pequenos e a genética obriga a gerar poucos bebês. 

Isso explica porque Rottweiler pode ter 12 filhotes em um único parto enquanto um Poodle tem 3. Outra coisa também muito importante é não deixar cães de porte médio e grande cruzarem com cadelas de porte pequeno, os fetos tendem a se desenvolver bastante. 

Dependendo do tamanho a cadela pode ter complicações para parir, necessitando de cirurgia. Isso é um problema muito sério para cães de ruas, muitas vezes essas fêmeas não têm a assistência necessária. 

Para evitar esse tipo de problema é importante optar pela castração, caso sua cadela seja mais velha e não seja castrada, pode ter doenças como câncer de mama e gravidez psicológica. Você já sabia disso? 

Veja abaixo:

Assista também:

O caso do bebê que se DECLAROU para um cão caramelo e mais notícias no Jornalzinho Amo Meu Pet

Estudante de jornalismo na Universidade de Passo Fundo (UPF). Gosta de livros, animais e é vegetariana.